Renault revela nova geração do Captur

Direção semiautônoma e conjunto motriz híbrido estão entre as novidades do SUV para o mercado europeu

Divulgação

A nova geração do Captur europeu é o principal destaque da Renault na edição deste ano do Salão de Frankfurt (Alemanha), que abre ao público na quinta-feira (12). Totalmente renovado, o SUV compacto ficou maior e estreia novas tecnologias.

Montado sobre uma nova plataforma modular, a mesma empregada na geração mais recente do hatch Clio (leia mais aqui), o novo Captur agora mede 4,23 m no comprimento, 11 cm a mais do que no antecessor. O interior também segue as mesmas linhas básicas do hatch, trazendo itens como central multimídia com tela do tipo flutuante e painel digital com tela de alta resolução.

O SUV está equipado com tecnologias como o sistema de direção semiautônomo, câmera 360° e frenagem automática com detector de pedestres e ciclistas, além de monitor de tráfego cruzado.

A gama de motores inclui motores a gasolina com potências entre 100 e 155 cv e diesel de 95 a 115 cv, que podem ser combinados a câmbios manuais de cinco ou seis marchas ou um automatizado de sete marchas e dupla embreagem. A partir de 2020, o Captur terá a opção de um conjunto motriz híbrido plug-in.