Renault Sandero e Logan levam uma estrela no Latin NCAP

Pontuação dos dois modelos foi inferior à obtida pelo Renault Kwid nos mesmos testes

Divulgação

Na última bateria de testes de colisão realizados pelo Latin NCAP, cujos resultados foram divulgados nesta terça-feira (12), os Renault Sandero e Logan somaram apenas uma estrela de cinco possíveis na proteção de adultos e três estrelas na proteção de crianças.

De acordo com o Latin NCAP, apesar de contarem com barras de proteção laterais nas portas, o hatch e o sedã compactos da marca francesa tiveram desempenho ruim na proteção aos ocupantes do assento dianteiro em colisão lateral, enquanto a proteção ao peito do motorista foi considerada “pobre” nos testes de colisão lateral e frontal. Outros fatores que pesaram contra Sandero e Logan foram as ausências do Isofix e do cinto de segurança de três pontos para todos os ocupantes do banco traseiro.

O resultados dos carros fabricados em São José dos Pinhais (PR) foi inferior ao obtido no ano passado em testes de colisão realizados pelo Global NCAP com o Sandero vendido na África. Dotado de Isofix e cintos de três pontos para todos os ocupantes, além de uma estrutura mais reforçada, o hatch somou três estrelas na proteção de adultos e quatro na proteção dos passageiros infantis.

Vale destacar ainda que o resultado foi inferior também ao obtido pelo Renault Kwid nos mesmos testes (leia mais aqui). Avaliado em novembro do ano passado e trazendo itens como airbags laterais e Isofix, o modelo de entrada conquistou três estrelas na proteção de adultos e crianças. Segundo o Latin NCAP, a Renault confirmou que irá melhorar o desempenho de segurança de Sandero e Logan.