Nissan cola na Jeep. E a briga entre Kicks e Renegade pega fogo!

Reação do SUV japonês atrapalha os planos da FCA de ser tricampeã de vendas no Brasil na disputa com a GM

29966
Nissan Kicks: à frente do Jeep Renegade e do Ford EcoSport em outubro e média de 3.502 carros vendidos nos últimos dois meses. Foto: Divulgação

Não é à toa que a Nissan anda empolgada com o Kicks e estuda até lançar uma versão híbrida com a nova tecnologia e-Power, que o faria ter uma autonomia de 34 km/litro de gasolina. O carro vai muito bem nas vendas e terminou em quarto lugar no ranking de vendas de SUVs em outubro, à frente dos ex-campeões Ford EcoSport e Jeep Renegade.

O Kicks vender mais que o Eco já era meio esperado, mas ter ultrapassado o Renegade tem consequências maiores. Isso sinaliza que existe uma briga real pela nona posição no ranking das 10 marcas mais vendidas no Brasil (aliás, além dessa, só tem briga pelo quarto lugar, entre Ford e Hyundai).

Passar de nono para décimo lugar pode não significar nada para a Jeep, mas pesa para a FCA. Afinal, na soma da Fiat com Jeep, Dodge, Chrysler e RAM, ela pode perder seu tricampeonato como maior montadora do Brasil para a GM (que tem apenas a marca Chevrolet no Brasil).

Em outubro, menos de 300 carros marcaram a diferença entre a Jeep (7.991) e a Nissan (7.694). No acumulado dos dez meses de 2017, a distância é maior e passa um pouco dos 10 mil carros. A Jeep tem 4,1% do mercado (71.708 emplacamentos) e a Nissan tem 3,5% (61.500). Para este ano, o ranking dificilmente vai mudar, mas em 2018 pode ser diferente.

Será que o público cansou do Renegade? Talvez. Afinal, ele foi um dos primeiros a chegar nessa onda de SUVs/crossovers que destronaram o EcoSport. Por isso, o ótimo desempenho do Compass talvez não esteja segurando a onda da Jeep. Com 3.949 vendas/mês de média, o Compass ainda é o líder do segmento. E o Renegade está em quarto lugar, com média de 3.157 carros/mês. O Kicks aparece em quinto, com 2.571 de média. Porém, nos últimos dois meses, a média de vendas do Kicks foi de 3.502.

E onde está a diferença? No varejo. Ou seja, nas vendas feitas em concessionárias. Enquanto as vendas diretas para frotistas apontam a dupla Compass/Renegade à frente do Kicks, nas vendas para o público em geral a situação é diferente. O Kicks virou o jogo contra o Renegade e vendeu 2.145 unidades em outubro, contra 1.296 do rival.

Nessa disputa entre a Jeep e a Nissan, a marca estadunidense conta somente com seus dois SUVs. Já a Nissan tem também o hatchback March e os sedãs Versa e Sentra. Dos três, quem vai melhor é o Versa, que emplacou 17.320 unidades este ano. O Sentra – maior e muito mais caro – só conseguiu 3.315 vendas. E o March segue discreto, com 11.826.

A Nissan já trabalha na nova geração da dupla March/Versa, que será lançada em 2018. E, ao contrário do que aconteceu na Europa, o March não será reposicionado para cima – vai mesmo ganhar uma solução local para continuar com preço acessível e brigar por volume. Bom para a Nissan.

blog comments powered by Disqus