Revitalizado, Focus sedã parte de R$ 77.900


Primeiro veio o hatch, com uma nova frente, retoques na traseira e novos equipamentos de série. Agora, é a vez da versão sedã do Ford Focus passar pelas mesmas mudanças. E além do visual renovado e de um novo nome (agora passa a ser chamado de Focus Fastback), o modelo que chega em setembro a partir de R$ 77.900 será mais barato que o atual.

De acordo com o fabricante, o objetivo da mudança de nome é diferenciar o modelo de outros sedãs médios do mercado (principalmente os líderes japoneses Toyota Corolla e Honda Civic), oferecendo um produto com um apelo mais esportivo (quem não se lembra dos Mustangs Fastback dos anos 1960?).

A gama de versões passou por mudanças. A antiga intermediária “SE” assume o novo papel de básico da linha, mantendo o preço cobrado atualmente pelo Focus Sedan S. Já as outras versões também ficaram mais baratas, com redução de até R$ 3 mil em relação aos valores divulgados atualmente no site da marca.

Bem equipado, o Focus Fastback SE sai de fábrica com rodas de liga leve de 17 polegadas, controle eletrônico de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas e sensores de pressão dos pneus, além do sistema multimídia Ford Sync com tela de 4,2 polegadas.

Novo intermediário. o “SE Plus” sai por R$ 79.900 e acrescenta ao pacote de entrada os airbags laterais, sensor de estacionamento traseiro, ar-condicionado digital, controlador automático de velocidade, acendimento automático dos faróis, além de bancos de couro e borboletas para troca de marchas no volante.

Já a versão Titanium sai por R$ 87.900 e conta com uma lista de equipamentos com airbags de cortina, central multimídia com tela de 8 polegadas e navegador GPS, rodas de 17 polegadas com desenho exclusivo e sistema de partida sem chaves.

A cereja do bolo é o Titanium com pacote Plus (R$ 96.900). Com ele, o Focus Fastback Titanium ganha os faróis de xenônio, sistema de frenagem e estacionamento automático, teto solar e bancos com regulagem elétrica para o motorista.

Na mecânica, as coisas não mudaram. A combinação do motor 2.0 flex de 178 cv e da transmissão automatizada PowerShift de seis marchas e dupla embreagem, segue como a única disponível para o modelo.  Na dianteira, a novidade é a frente similar a do Ford Fusion. Na traseira, destaque para as lanternas com nova lente.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel