Rinspeed Snap é um carro que pode virar uma casa (sem rodas)

Conceito mostrado pela empresa suíça na CES tem carroceria que pode seguir funcional mesmo depois de separada do chassi

928
Divulgação

Com sistemas de auxílio ao motorista e de automação que se tornam cada vez mais avançados, a tendência para os próximos anos é de que os carros se tornem cada vez mais parecidos com os smartphones e fiquem obsoletos (e sejam descartados) com pouco tempo de uso. Por esse motivo, a suíça Rinspeed apresentou na feira de tecnologia CES, em Las Vegas (EUA), o conceito Snap, um carro urbano autônomo cuja carroceria poderá continuar funcional mesmo depois de separada da plataforma.

O Rinspeed Snap utiliza o tradicional conceito de chassi e carroceria — ainda muito comum nos SUVs — mas com algumas pitadas de tecnologia do século 21. O conjunto motriz e os periféricos ficam concentrados na plataforma, que pode ser facilmente destacada e reciclada, enquanto a carroceria de aço e materiais compostos segue viva e funcional em outras aplicações como, por exemplo, uma barraca de camping.

Equipado com um motor elétrico, com potência equivalente a 69 cv, o Snap tem velocidade máxima em torno de 80 km/h e acelera de 0-100 km/h em 5 segundos. A autonomia é de até 100 km.

Também na CES, a Nissan mostrou um sistema de utiliza ondas cerebrais para operar o sistema de direção autônomo (leia aqui), enquanto a chinesa Byton apresentou um conceito autônomo de nível 4 (leia aqui).