Sala de estar ambulante

Claudio Larangeira

Entre e fique à vontade. Parece slogan publicitário, mas não é. A JAC Motors desembarcou em nosso mercado a maxivan T8. Primeiro modelo dessa categoria comercializado no Brasil, é destinado às famílias grandes e ao transporte executivo de passageiros. “Queremos vender 600 unidades até a Copa do Mundo. Até o _ m deste ano, projetamos de 1.000 a 2.000 unidades comercializadas”, conta Sérgio Habib, presidente da JAC Motors do Brasil.


Diferentemente das vans, que são veículos de carga adaptados para levar passageiros, o T8 é um automóvel de passeio – podendo ser guiado por motorista com carteira de habilitação de categoria B. O carro é uma sala de estar ambulante e a amplitude interna é show. São mais de 5 metros de comprimento, quase 2 metros de altura e distância entreeixos de pouco mais de 3 metros. O acesso à cabine é facilitado pelas duas portas laterais corrediças – uma de cada lado. Quem viaja no T8 tem à disposição três fileiras de bancos (configuração 2+2+3). Os assentos revestidos em couro (opcional) são construídos com espuma de boa densidade e acomodam bem o corpo. As poltronas da segunda fileira são giratórias em 360º e podem ser removidas. Outros pontos positivos são o e_ ciente arcondicionado (com comando independente para a traseira), o teto solar elétrico e a central multimídia com tela sensível ao toque.

Igualmente espaçoso também é o porta-malas de 1.310 litros. A capacidade aumenta para 3.550 litros com a retirada da última fileira de bancos e chega a 4.800 litros sem todos os assentos. Embora o T8 priorize o conforto dos passageiros, ele também cuida do condutor e do carona ao oferecer bancos dianteiros com ajustes elétricos e aquecimento. Já a coluna de direção é regulável somente em altura. O painel exibe acabamento imitando madeira e o quadro de instrumentos tem boa grafia dos mostradores. A grande área envidraçada do T8 garante uma ótima visualização externa e fazer balizas ou manobras é descomplicado – também ajudam os sensores de estacionamento e a câmera de ré, ambos de série.

Ao volante, o motor 4 cilindros 2.0 16V com turbo e intercooler envia a força necessária, garantindo um desempenho adequado à sua proposta. O torque de 26,5 kgfm aparece de 2.000 a 4.000 rpm. Lembre-se que a T8 é uma maxivan e não um veículo esportivo. O câmbio manual de seis marchas tem bons engates, especialmente o da sexta, mas falta uma opção de transmissão automática. O conjunto motriz do T8 permite rodar a 120 km/h com a agulha do conta-giros em 2.500 rpm, cooperando no silêncio interno. As suspensões têm calibração macia, mas a traseira com eixo rígido pula um pouco além da conta, dependendo do tipo de piso. As rodas são de aro 17 e há freios com ABS e airbag duplo, como manda a lei.

Outros carros no mercado oferecem sete lugares, mas, segundo a JAC, o T8 não tem concorrente direto. O preço sugerido é de R$ 114.990 e a garantia é de um ano para pessoa jurídica e de três anos para pessoa física.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel