Salão da Moto

São Paulo foi palco da 1ª edição do cicleta que exibiu grandes novidades do mundo das duas rodas. O evento, organizado pelo bicampeão da Fórmula 1 Emerson Fittipaldi e pela Megacycle Eventos, contou com a participação de todas as grandes marcas de motocicletas, com exceção de Honda e Yamaha, e atraiu um público estimado em 100 mil pessoas. Os visitantes que estiveram presentes no evento, entre 21 e 26 de outubro, puderam conferir de perto o que há de mais novo no mercado nacional em termos de modelos, peças e acessórios, além motos personalizadas, shows de saltos e acrobacias e um exclusivo leilão de motocicletas. Comercialmente, um dos lançamentos mais aguardados foi o da primeira moto flex do País. A Amazonas Custom AME AG 300 tem sistema da Delphi e, de acordo com a montadora, desenvolve 21,5 cv a 7.800 rpm e chegará ao mercado no início de março com preço entre R$ 13 mil e R$15 mil reais. O Brasil passa a ter, a partir de agora, mais um evento importante no segmento, além do Salão das Duas Rodas, realizado de dois em dois anos, conseqüência do fantástico crescimento obtido nos últimos anos pelo setor. Para se ter uma idéia do tamanho desse mercado, em 2001, foram produzidas 753.159 unidades e a previsão para o final de 2008 já passa das 2.040.000 motos, dados fornecidos pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares). Confira nestas páginas alguns dos principais destaques exibidos na mostra.


Buell 1125CR Escorpião

O Grupo Izzo foi um dos que apresentaram o maior número de novidades. A começar pela Naked Escorpião da marca Buell. A moto, com design inspirado no animal que lhe dá o nome, ganhou uma atenção especial, tanto no que diz respeito às suas linhas robustas quanto à potência de seu motor de 1.125 cc, que gera 146 cavalos de potência a 9.800 rpm. Segundo a montadora, o modelo chegará às revendas no início de 2009 em duas de cores: Midnight Black e Racing Red. O preço ainda não foi divulgado.

Motor Z V1500 Vintage

Foi o grande destaque da montadora na mostra, pois a Scooter conta com o motor mais potente da gama das motos elétricas (1500 W) e entra no mercado para suprir a necessidade do consumidor por uma autonomia maior. Além disso, a montadora apresentou outros dois modelos: o S800, que dispõe de um motor com 800 W de potência e a S1000, de 1.000 W. Ambos os modelos já estão disponíveis nas revendas da marca.

Benelli chega ao Brasil em 2009

A marca italiana se torna mais uma aquisição do famoso Grupo Izzo, isso já em 2009. O anúncio, feito no cicleta, coloca o grupo na liderança do mercado premium com nove marcas ao todo. Na sua chegada ao Brasil, a italiana Benelli traz algumas novidades, entre elas o modelo TNT 899S. Com um design tipicamente italiano, a moto vem equipada com motor 899 cc, que desenvolve 120 cv de potência a 9.500 rpm. Segundo o Grupo Izzo, a expectativa é de que sejam comercializadas 200 unidades dos cinco modelos mostrados no evento já em 2009, quando os produtos chegam às revendas da marca.

Suzuki V-Strom 650

A montadora japonesa Suzuki, de olho no crescente mercado brasileiro, começa a desenvolver novos produtos. Um deles foi mostrado no Salão: o conceito V-Strom 650. A motocicleta apresenta o mesmo visual já conhecido da 1100 cc, mas agora vem equipada com motor de 650 cc, o que irá posicioná-la no segmento Tourer. O modelo deve ser apresentado oficialmente no primeiro semestre de 2009, quando ganhará as ruas de todo o País, embora ainda não tenha o preço divulgado.

Garini 125Tina

A moto nada mais é que a reestilização do modelo GR125T3, já fabricado pela marca. Embora tenha sofrido modificações estéticas (e ganho a coloração rosa) para agradar e conquistar a preferência do público feminino. O nome Tina, aliás, vem de uma personagem da Turma da Mônica. Segundo a montadora, o modelo, equipado com motor 125 cc, estará à disposição do consumidor a partir do início de 2009 com preço não confirmado. Ao que se sabe, custará por volta de R$ 5.800.

A Kawasaki Ninja

No estande da marca, a grande novidade foi mesmo o retorno em grande estilo da famosa Ninja, modelo que ganhou destaque na década de 90. A moto, equipada com motor de 600 cc, que gera 123 cv de potência, chega ao mercado importada do Japão para competir em pé de igualdade com a Honda Hornet e Yamaha MT03. De acordo com a montadora japonesa, o modelo chega às revendas com um preço sugerido de US$ 28.900.

Ducati Desmosedici

Uma moto que não poderia faltar é mesmo a Ducati Desmosedici GP7, utilizada pelo piloto australiano Casey Stoner para conquistar o título da MotoGP no ano passado, quando superou a Yamaha de Valentino Rossi. Considerada uma espécie de Ferrari das motos, a Ducati fez sucesso!

 

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel