Salão de Pequim

O , na China, assim como todo o mercado automotivo do país, ganha mais destaque a cada ano no cenário automotivo mundial. Também conhecido como “Auto China 2008”, ele chegou a sua décima edição, realizada entre os dias 20 e 28 de abril, com recordes de lançamentos e número de expositores – mais de 2.000. Em número de modelos novos de carros, também impressiona. Entre versões e novos projetos, foram 890 novos automóveis. Impressionante!

E os lançamentos não se limitam mais a modelos chineses. Marcas ocidentais, como Porsche, Mercedes e Audi também apresentaram novidades mundiais no Salão. Mas o forte mesmo são os modelos para o mercado interno. Um fato curioso foi ver também um híbrido ser lançado por lá, uma vez que, aqui no Brasil, ainda não temos nenhum veículo com esta tecnologia “limpa”. Confira os maiores destaques:

Volkswagen New Bora e Lavida

Os dois sedãs, inéditos, compartilham plataforma e conjunto motor/câmbio. O Lavida, acima, se destaca por ser o primeiro modelo da marca alemã desenvolvido totalmente na China

, pela VW Shanghai, e, com 4,61 m de comprimento, é 7 cm maior que o Bora, e tem o mesmo entreeixos, de 2,61 m. os dois serão oferecidos com duas opções de motor quatro cilindros e câmbio Tiptronic, opcional, de seis marchas.

Roewe 550

Esqueça os carros chineses feios e desajeitados que você viu até hoje. O Roewe 550, derivado de um projeto da extinta Rover inglesa, tem belo design e painel que lembra bastante os BMW (novamente, discute-se se os chineses são meros “copiadores”). Ele lembra um modelo europeu ou japonês – uma grande evolução chinesa, sem dúvida

Geely NL SUV Concept

O conceito chinês tem design caprichado, que lembra uma mistura do novíssimo Ford Kuga com um Opel Antara. A marca caprichou no seu gigantesco estande, com 1.500 metros quadrados e 23 modelos, entre veículos já prontos para produção e conceitos como este. Mais uma mostra do interessante “novo design” chinês.

Wuling Rong Guang/Sunshine

Os comerciais compactos Rong Guang (acima) e Sunshine (abaixo) são resultado de uma jointventure entre GM, SAIC e a chinesa Wuling. São equipadas com motor 1.2 de 84 cv. O Sunshine é o modelo mais vendido do segmento na China

Geely CE Concept

Mais um conceito da Geely cujo design merece elogios. “Nem parece um carro chinês” deve ter sido a frase mais ouvida a seu respeito. O pequeno hatch deve demorar para ser produzido: na verdade, se tratava de um “mock-up”, sem motor e sem nada no seu interior – os vidros escuros o escondiam dos curiosos. Se for produzido com esse desenho, pode ser um sucesso -inclusive para exportação.

Beijing 700R Concept

Outro exercício de design da nova marca chinesa, apresentado sem motor nem interior. O cupê segue linhas ocidentais, com bastante ousadia em suas formas. Mas, além do design, nada mais foi dito sobre o modelo exposto – não se sabe quais serão as opções de motor, ninguém falou em preços e nem em uma possível data para o veículo começar a ser produzido. Só nos resta esperar…

Guangzhou Honda Linian Concept

A divisão chinesa da Honda, Guangzhou Honda, tem planos de, além de vender carros da marca japonesa, desenvolver uma marca exclusiva para o mercado chinês. O Linian Concept é o primeiro passo nesta direção, e a nova marca deve lançá-lo quando começar a produzir carros, o que deve ocorrer em 2010.

Geely HL MPV

Mais um conceito apresentado pela Geely – marca que, como você já deve ter percebido, parece ter se esforçado para mostrar o maior número possível de conceitos no Salão, sem ter nenhuma base técnica, motores, desenvolvimento de interiores ou algo parecido. A proposta é ser um “eficiente e moderno transportador de pessoas”, conforme a apresentação feita pela montadora.

Brilliance BS4 Wagon

Derivada do sedã BS4, já em produção pela marca chinesa, a versão Wagon foi desenhada pelo estúdio italiano Pinifarina. Começa a ser vendida ainda este ano com motores 1.8 e 2.0 a gasolina, além de versões a diesel que tem como objetivo marcar a entrada da marca no mercado europeu. Mas o sedã se saiu mal nos crash-tests.

Geely Tiger GT Concept

Dentre todos os conceitos apresentados pela Geely, esse foi o que mais chamou atenção, principalmente pelo design, totalmente desenvolvido na China (e sem copiar ninguém, aparentemente). Será equipado com um motor 3.5 V6 de 225 cavalos e rodas de 19 polegadas. Resta saber qual será o nível de qualidade na construção do carro.

GAC Coupé Cabriolet

Com lançamento previsto para 2010, este belo conversível chinês lembra bastante o desenho do Honda Accord. A marca não divulgou dados sobre motorização ou preços, mas confirmou que o modelo já está pronto e totalmente desenvolvido para o início do processo de montagem em suas fábricas.

Buick Invicta Concept

A marca, pertencente à GM, apresentou o carro simultaneamente nos Estados Unidos e no salão de Pequim. Será equipado com o primeiro motor turbo com injeção direta da marca, um quatro cilindros que gera 250 cavalos e, segundo a Buick, é econômico.

Porsche Cayenne Turbo S

A marca alemã deu importância ao Salão chinês, e fez no Salão o lançamento mundial do mais potente dos Cayenne, o Turbo S. Equipado com um 4.8 V8 biturbo de 550 cavalos (a versão turbo tem 500 cv), o SUV acelera de 0 a 100 km/h em apenas 4,8 segundos e chega à máxima de 280 km/h.

Ford S-Max

Até hoje vendida com sete assentos, a marca apresentou uma versão da S-Max “para quem quer mais espaço e menos bancos”. Não seria má idéia trazer o modelo para o Brasil: uma concorrente de peso para Zafira, Grand C4 Picasso e Grand Scénic.

Audi Q5

Alguns anos depois do lançamento do SUV Q7, a Audi finalmente fez o lançamento mundial do “caçula” Q3, para concorrer com BMW X3, o Mercedes abaixo e outros utilitários esportivos de pequeno porte (tem 4,63 metros de comprimento). São três os motores disponíveis: um 2.0 turbo de injeção direta e 211 cavalos, a gasolina, e mais duas versões a diesel.

Nissan Teana

Inspirado no Intima Concept, apresentado no Salão de Tóquio do ano passado, a marca japonesa apresetou o Teana, que utiliza a mesma plataforma que o Murano. Um sedã grande e muito luxuoso, equipado com motor 2.0 ou 2.5 e transmissão CVT. Deve começar a ser vendido por lá no final do ano.

Ford Fiesta 4 portas

O modelo já havia sido apresentado, mas na China a Ford mostrou uma nova versão do hatch que será lançado na Europa e Estados Unidos entre 2008 e 2010. E o pior é que deve chegar na China na mesma época, enquanto nós, infelizmente, vamos ter que esperar até 2011 para podermos comprar a nova – e belíssima – geração do famoso hatch compacto. Coisas do mercado brasileiro.

Mercedes Classe GLK Apresentado anteriormente como conceito, o Mercedes Classe GLK teve sua estréia mundial como veículo de produção no Salão chinês. Segue a onda dos utilitários esportivos compactos, como a Audi Q5 acima. O motor mais básico será um 3.5 V6 de 268 cavalos. Não se sabe quando começa a ser vendido no Brasil.

Opel Flextreme Concept

Já havíamos o mostrado na cobertura do Salão de Frankfurt do ano passado, mas é tão legal que mereceu ser exibido de novo em nossas páginas. Combina células de combustível (hidrogênio) com motor elétrico, que também abastece os Segway que ficam escondidos debaixo do porta-malas. Tem autonomia de 483 km, sendo apenas 32 km com energia elétrica.

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga