Sandero R.S.: enfim um esportivo compacto nacional de verdade

Primeiro veículo da divisão esportiva Renault Sport produzido fora da Europa, o Sandero R.S. 2.0 ignora as regras de outros hatches compactos nacionais, com as suas versões esportivas só na aparência.

No lugar do 1.6 de até 106 cv, até então o mais potente da linha, o hot hatch utiliza um motor 2.0 flex de até 150 cv e um câmbio manual de seis marchas, ambos herdados do SUV compacto Duster.


Para o R.S., a marca francesa desenvolveu ainda um acerto específico para os sistemas de direção, suspensão e os freios, agora com discos nas quatro rodas. Outra novidade é o controle eletrônico de estabilidade com opção esportiva.

O Sandero apimentado será produzido na fábrica da empresa em São José dos Pinhais (PR). As vendas começam no segundo semestre deste ano, provavelmente em setembro. Como concorrente mais próximo, o esportivo da Renault terá o Fiat Punto T-JET, equipado com um motor 1.4 turbo de 152 cv.