Uma agradavel surpresa

Pensando que o Lobini H1 era um buggy vestido de esportivo, descobrimos que ele proporciona muita diversão ao volante

Japonês sangue quente

Dos ralis para as ruas, o Subaru WRX prova que esportividade nem sempre é sinônimo de desconforto

Filhos rebeldes

T-Jet e VTR são as versões apimentadas de duas comportadas famílias de hatches

Um Punto Esportivo (De Verdade)

Enquanto a versão Sporting apenas "finge" esportividade, esse Punto turbinado cumpre o que seu visual promete

O designer do século

Giorgetto Giugiaro foi eleito, em 1999, odesigner do século. E não é à toa: seu estúdio Italdesign, com 40 anos de história, já projetou mais de 200 carros

Os melhores designers do mundo

Fomos a Turim vasculhar os maiores estúdios de design do mundo. Este mês, saiba mais sobre o estúdio I.DE.A

Como ser um designer

Faltam cursos de graduação em design de veículos, mas já há outras alternativas para se iniciar na arte de criar automóveis. Saiba quais são elas

M3 Coupé Velho conhecido!

Pela primeira vez com motor V8, o novo BMW é praticamente um carro de competição

O caçula da Stock

O campeonato de Stock Car Jr. uma das portas de entrada para o automobilismo nacional

Fiat Punto Abarth: O veneno do Escorpião

Avaliamos na Itália o Punto envenenado pela Abarth. Com motor 1.4 turbo e belo visual, ele é enfim o Punto que os fãs de esportivos desejavam

BMW Z4

Criado pelo braço esportivo da BMW, o Z4 M Coupé tem mecânica de M3 e anda como poucos no mundo. Um ícone da esportividade!

Jaguar S-Type R

Pilotamos o modelo mais apimenta do da tradicional montadora inglesa

Um roadster nervoso

O motor 2.0 turbo de 264 cv garante diversão ao volante deste esportivo americano

350Z Roadster

Pilotamos, na Europa, a versão conversível do Nissan 350Z. Com o novo motor, ele está mais potente e mais esportivo

MAIS LIDAS

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.

X