Home Blogs Emerson Fittipaldi

As melhores pistas: Osterreichring, Áustria: (6º lugar)

“Na quinta volta consegui ultrapassar o Clay – o que nunca foi uma tarefa fácil.”

As melhores pistas: Watkins Glen, Estados Unidos: (5º lugar)

“Lembro muito bem da sensação fantástica que tive quando cruzei a linha de chegada em primeiro lugar.”

As melhores pistas: Brands Hatch, Reino Unido: (4º lugar)

“Essa era uma pista muito complicada do ponto de vista técnico, e portanto fazer uma boa volta sem erros era bastante difícil.”

As melhores pistas: Mônaco, Monte Carlo: (3º lugar)

“Era necessário maltratar o carro, até mesmo botando-o de lado na hora de entrar em algumas curvas.”

As melhores pistas: Nurburgring, Alemanha: (1º lugar)

“Nunca venci lá. Nunca sequer subi no pódio. Mas a lembrança de pilotar um Fórmula 1 lá ficará para sempre comigo.”

As melhores pistas: Interlagos, Brasil (2º lugar)

“Jackie bem que tentou se aproximar, mas meu carro estava perfeito e consegui manter o controle da prova, terminando com 14 segundos de vantagem. Foi um dos melhores dias da minha vida.”

Minha última vitória na Fórmula 1

“Oito ou nove pilotos rodaram na Curva do Clube: a área de escape já parecia um estacionamento.”

O GP de Monza e a conquista do meu primeiro título

“Mas o pior viria no dia da corrida. Nos treinos livres, descobrimos um vazamento no tanque do meu carro.”

O dia em que “matei” Clay Regazzoni

“Eu vinha atrás do Clay e freei forte no Queen’s Hairpin, mas ele não reduziu, pois seu pedal de feio quebrou”

A morte de Ayrton, para a F1 e para mim

“Minha opinião é que, se não tivesse morrido, Ayrton poderia ter sido campeão em 1994, 1995 e 1996 e talvez até em 1997, superando os títulos ganhos por Michael”

A morte de Ayrton Senna não foi em vão

“Os pilotos que saem hoje sãos e salvos dos carros após acidentes horríveis devem suas vidas também a Ayrton.”

Minha primeira vez em Indianápolis

“Fui instruído a não exceder uma velocidade média bem baixa, mas pouco depois estava fazendo curvas tão rápido que só cumpria a meta tirando o pé nas retas.”

Sobre as mortes de Ayrton Senna e Jim Clark

“Eles tinham mais em comum do que o fato de morrerem jovens e terem a habilidade de pilotar carros de competição mais rapidamente do que seus rivais. ”

Nova equipe, novos mecânicos

“Os caras que cuidavam do meu carro quando cheguei na McLaren, em 1974, fizeram toda a diferença na pista e na pequena fábrica da equipe em Berkshire, na Inglaterra”

Meu mecânico favorito

“Eddie Dennis era um cara fantástico e foi designado para cuidar do meu carro quando cheguei à Lotus. Ganhei nove corridas e um título mundial com Eddie e seus garotos. ”

De Fangio a Schumacher

“Um ex-mecânico da Benetton descreve em sua biografia como Schumacher ganhou um por um da equipe em sua primeira vitória.”

Os verdadeiros heróis da F1

“Quando um mecânico comete um engano, esse erro vai ser mostrado ao vivo pela televisão para 100 milhões de espectadores no mundo.”

Um beatle na Fórmula 1

“George Harrisson, um dos beatles, foi um dos maiores superstars nos anos 1960, mas era despretensioso quando ia às corridas”

Um quarteto brasileiro

“Nunca esqueço o olhar de pura felicidade de meu amigo Pace quando subimos juntos no pódio e acenamos para o público deslumbrado por ver dois brasileiros em primeiro e segundo lugares.”

Um hermano e um irmão

“O argentino Carlos Reutemann é o maior piloto de Fórmula 1 que nunca se tornou campeão mundial. E lamento que Wilson Fittipaldi nunca possa ter guiado um carro vencedor na F1.”

mais lidas

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.

X