SEDÃ DE LUXO: Audi A6

Contra ótimos rivais, luxo e conforto ao rodar acima de tudo

Audi A6
Foto: Static Photo

CONFIRA AQUI TODOS OS PREMIADOS NA COMPRA DO ANO 2020

› VERSÕES
Performance R$ 426.990
(com opcionais) R$ 472.390

Na faixa de R$ 400.000, é até difícil indicar a melhor compra. Afinal, quem gasta tanto dinheiro em um automóvel não pode exigir nada menos que a perfeição. Mercedes-Benz Classe E, BMW Série 5 e Audi A6 são clássicos sedãs executivos que vem perdendo espaço para os SUVs, mas, para quem gosta de sedã, oferecem muito prazer ao volante.

Vendido aqui só naquela que consideramos ser sua melhor versão, a Performance. O Audi de quase cinco metros de comprimento e imponentes rodas aro 20 tem proporções bem definidas, com muito espaço no banco traseiro e um porta-malas de 530 litros. O áudio da Bang&Olufsen é um show à parte, com 16 alto-falantes e 705 watts.

Foto: Static Photo

Sob o capô deste novo A6, o conhecido motor V6 3.0 vai a 340 cv e excelentes 51 kgfm a baixíssimas 1.370 rpm – que responde com suavidade impresionante. O câmbio S- tronic de dupla embreagem transmite a tração às quatro rodas e leva o sedã de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos. E agora o A6 é um híbrido leve, com bateria de lítio e sistema elétrico de 48V que permitem andar em alguns momentos, de 55 a 160 km/h, com o motor a combustão desligado. Assim, o consumo impressiona: marcamos 18 km/l na estrada.

E se o A6 pode andar muito, ele consegue ser suave no modo Comfort. Afinal, a marca alemã tem esportivos nas linhas S e RS, e quem compra um A6 tradicional quer mesmo o máximo de conforto possível. E encontra: as suspensões deste Audi são extremamente refinadas, garantindo aquele rodar impressionante, tipo “tapete mágico”. É o tipo de carro que você pode guiar (ou se, preferir, ser passageiro) por horas a fio sem se cansar.

O A6 ainda tem sistemas semiautônomos avançados, incluindo o assistente de congestionamento que dirige sozinho e todos os recursos de segurança imagináveis. Não que os rivais não tenham pacotes similares, mas o Audi entrega a melhor dirigibilidade e o melhor conjunto para quem busca luxo e conforto acima de tudo.

Potência 340 cv › Porta-malas 530 litros › Consumo D › Versão indicada Com opcionais

Confira abaixo os vencedores em cada categoria (clique nos links para ler a avaliação completa):
HATCH URBANO: Renault Kwid
HATCH COMPACTO: Hyundai HB20
HATCH PREMIUM: Mercedes-Benz Classe A
SEDÃ COMPACTO: Hyundai HB20S
SEDÃ MÉDIO: Toyota Corolla
SEDÃ GRANDE: Honda Accord
SEDÃ PREMIUM: Volvo S60
STATION WAGON: Volvo V60
MONOVOLUME: Chevrolet Spin
HÍBRIDO: Toyota Corolla
ELÉTRICO: Nissan Leaf
ESPORTIVO: Porsche 911
CONVERSÍVEL: BMW Z4
AVENTUREIRO: Fiat Argo Trekking
SUV COMPACTO: Volkswagen T-Cross 
SUV MÉDIO: Toyota RAV4
SUV PREMIUM: Range Rover Evoque
SUV DE LUXO: Audi Q8
SUV 4X4: Mitsubishi Pajero Sport
PICAPE MÉDIA: Ford Ranger
PICAPE MONOBLOCO: Fiat Toro

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar