Sedã do Polo, Volkswagen Virtus é revelado; confira as fotos

Novo três volumes da marca alemã chega ao mercado brasileiro em janeiro

Rafael Poci Déa

A MOTOR SHOW acompanha nesta quinta-feira (16) a apresentação global do Volkswagen Virtus, a variação sedã do hatch Polo (mais detalhes aqui). O modelo, que chega ao mercado brasileiro em janeiro, é um dos 20 produtos que serão lançados no Brasil pela marca alemã até 2020, dos quais 13 serão produzidos no País.

O modelo também é construído sobre a variação A0 da plataforma modular MQB, porém o Virtus tem 4,48 m de comprimento (42,5 cm a mais que no Polo) e entre-eixos alongado de 2,656 m para 2,651 m. A dianteira é a mesma do hatch. Mas da coluna central até o porta-malas o Virtus é completamente novo. Destaque para a traseira, com linhas inspiradas no Audi A3 Sedan e que permite ao sedã ter um porta-malas com 521 litros de capacidade (221 litros a mais que no Polo).


Na imagem, as peças pintadas em laranja são exclusivas do Virtus (Foto: Rafael Poci Déa)

O Virtus será oferecido com duas opções de motorização, ambas também utilizadas no Polo: o 1.6 16V MSI de 110/117 cv (com câmbio manual de cinco marchas) e o 1.0 TSI de 116/128 cv (com câmbio automático de seis marchas). Com o motor turbo, o sedã acelera de 0-100 km/h em 9,9 segundos e atinge os 194 km/h de velocidade máxima. Serão três opções de medidas de rodas e pneus: 195/65 R15, 205/55 R 16 e 205/50 R17, sendo que apenas a último é a mesma utilizada no Polo.

A lista de equipamentos irá incluir itens como os quatro airbags em todas as versões e a opção do painel digital Active Info Display com tela de 10,25 polegadas e três modos de visualização, além do sistema multimídia Discover Media, com tela de 8 polegadas. As versões Comfortline e Highline vão contar ainda com saídas de ventilação para os passageiros do banco traseiro.

O Virtus será o primeiro modelo da marca no Brasil a oferecer o “Manual Cognitivo”, um sistema interativo que, por meio do aplicativo Meu Volkswagen, irá consultar o conteúdo do manual do proprietário e responder às perguntas do motorista sobre a operação de funções e sistemas do automóvel. A pesquisa pode ser feita por teclado ou por comando de voz. Em caso de problema no veículo, o aplicativo permite ainda agendar um reparo na rede de concessionários da marca.