COMPRA DO ANO: Sedã grande

1º lugar: Ford Fusion Hybrid

17_ms406_compra_seda_grande117_ms406_compra_seda_grande2

0_ms406_selo0_ms406_selo2Reestilizado no segundo semestre do ano passado, a linha Fusion recebeu pequenas atualizações e mais equipamentos. No Brasil, aliás, a versão Hybrid está disponível em configuração única (só a pintura perolizada é opcional). A moderna central multimídia Sync 3 com sistema de áudio Sony e 12 alto-falantes, faróis totalmente de LED, monitor de ponto cego, alerta de mudança de faixa, sistema de estacionamento autônomo, controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo e alerta de colisão frontal são alguns dos itens que equipam o carro de fábrica. A principal atração, porém, é o conjunto propulsor formado por dois motores – um 2.0 a combustão de ciclo Atkinson e um elétrico – cuja potência combinada é de 190 cv. O custo das revisões (o menor da categoria) também merece ser destacado.

 

2º lugar: Toyota Camry

17_ms406_compra_seda_grande317_ms406_compra_seda_grande4

Automóvel de passeio mais sofisticado disponível no portfólio da marca japonesa no Brasil, o Camry é um sedã executivo-familiar que se destaca principalmente pelo desempenho proporcionado pelo motor V6 a gasolina com duplo comando de válvulas no cabeçote, capaz de desenvolver 277 cv e 35,3 kgfm. O pecado da Toyota é não incluir o valor da mão-de-obra no custo das revisões, o que resultou em uma penalização de 20 pontos nesse quesito.

 

3º lugar: Honda Accord

17_ms406_compra_seda_grande517_ms406_compra_seda_grande6

Cumpre o mesmo papel que o Toyota Camry, mas no catálogo da Honda, ou seja, é o carro de passeio mais luxuoso da marca à venda no País. Com generosos 4,90 m de comprimento, o Accord oferece conforto de sobra aos ocupantes e o desempenho é garantido por um V6 de 3,5 litros, com 280 cv e 34,6 kgfm. O peso (1.690 kg), contudo, acaba prejudicando a agilidade do modelo, assim como o consumo de gasolina.

17_ms406_compra_seda_grande7

CONFIRA AQUI O RESULTADO EM OUTRAS CATEGORIAS