SEDÃ MÉDIO: Toyota Corolla

O líder ganha nova geração e vence, de novo, pelo equilíbrio

Toyota Corolla
Foto: Malagrine Studio

CONFIRA AQUI TODOS OS PREMIADOS NO COMPRA DO ANO 2020

› VERSÕES
GLi R$ 102.990
XEi R$ 114.090
Altis R$ 130.390
Altis Hybrid R$ 130.390
Altis Hybrid (c/Pack) R$ 137.390

O Toyota Corolla não é o carro mais vendido do mundo – e o sedã médio mais vendido do Brasil – à toa. Ele pode nem sempre ser a melhor compra, considerando preço, mecânica e equipamentos (a Compra do Ano 2019, por exemplo, foi o VW Jetta). Mas o Corolla de nova geração chegou mais bonito por dentro e por fora, e cheio de novidades e qualidades que nos fizeram o eleger a Compra do Ano 2020.

Foto: Malagrine Studio

O maior destaque é a sua versão Hybrid: o Corolla é também Compra do Ano 2020 na categoria Híbrido (leia aqui). Ele é o primeiro carro fabricado no Brasil – e, mais importante, o primeiro sedã médio do nosso mercado –com um motor elétrico para ajudar a reduzir o consumo. E ainda é o primeiro híbrido flex do mundo.

Mesmo para quem não quer comprar um carro híbrido, por preferência pessoal ou porque roda mais na estrada, o Toyota Corolla na tradicional versão flex também agrada bastante. O motor 2.0 é novo, funcionando no ciclo Atkinson para economizar – e sem decepcionar no desempenho. É ajudado pelo excelente câmbio CVT que simula dez marchas para dar uma apimentada na dirigibilidade, e que ainda permite trocas de marcha manuais (por aletas no volante).

Na cabine, o acabamento do Toyota Corolla é caprichado e as versões mais caras têm ar-condicionado digital bizone (mas faltam freio de mão elétrico e saídas de ar traseiras). O sistema multimídia touchscreen enfim conecta Android Auto e Apple CarPlay. Outra novidade são sistemas semiautônomos de frenagem automática, ACC, luz alta automática e assistente de manutenção em faixa.

A nova plataforma do Toyota Corolla melhorou bem a dinâmica, sem sacrificar a tradicional robustez. O novo Corolla é um carro prazeroso de guiar, como sempre, mas agora com mais sal. Não é um “foguete” como o (mais caro) Jetta GLi, ou tão sofisticado quanto o Civic. Mas, no conjunto, é a melhor opção do segmento. O Toyota conquista pelo equilíbrio.

Potência 123 a 177 cv › Porta-malas 470 litros › Consumo A › Versões indicadas XEi e Altis Hybrid

Confira abaixo os vencedores em cada categoria (clique nos links para ler a avaliação completa):
HATCH URBANO: Renault Kwid
HATCH COMPACTO: Hyundai HB20
HATCH PREMIUM: Mercedes-Benz Classe A
SEDÃ COMPACTO: Hyundai HB20S
SEDÃ GRANDE: Honda Accord
SEDÃ PREMIUM: Volvo S60
SEDÃ DE LUXO: Audi A6
STATION WAGON: Volvo V60
MONOVOLUME: Chevrolet Spin
HÍBRIDO: Toyota Corolla
ELÉTRICO: Nissan Leaf
ESPORTIVO: Porsche 911
CONVERSÍVEL: BMW Z4
AVENTUREIRO: Fiat Argo Trekking
SUV COMPACTO: Volkswagen T-Cross 
SUV MÉDIO: Toyota RAV4
SUV PREMIUM: Range Rover Evoque
SUV DE LUXO: Audi Q8
SUV 4X4: Mitsubishi Pajero Sport
PICAPE MÉDIA: Ford Ranger
PICAPE MONOBLOCO: Fiat Toro

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar