Segredo: Ioniq 5, o crossover elétrico da Hyundai que chega ainda em 2021

O (Hyundai) Ioniq 5, futuro coreano de emissão zero, lembra o Pony, primeiro carro da marca. E o design é inspirado por ele, para deixar claro: é um novo começo

Hyundai Ionic 5

Prepare-se para o primeiro elétrico de uma nova era, o Hyundai Ionic 5  — que o grupo coreano prefere chamar só de IONIQ 5, sem Hyundai, por se tratar de uma nova marca, ou submarca (que leva o mesmo nome de um modelo elétrico já existente). O Ioniq 5 será o primeiro modelo da nova marca do grupo, e, por isso, um dos mais importantes Hyundai de todos os tempos. A ele se seguirão mais pelo menos dois modelos da nova marca, que foi anunciada esta semana (leia aqui).


Hyundai elétrico

Falando em origem, o nome vem do conceito que o antecipou: o Hyundai 45 (na galeria abaixo; leia mais aqui). O que esse número diz? É o tempo que se passou, em anos, desde a estreia do Pony, primeiro Hyundai feito em série e primeiro a ser exportado pela Coreia do Sul, hoje uma verdadeira gigante dos automóveis.

O Hyundai Ioniq 5 usará o 45 como referência também no seu design. Homenageará as linhas retas e quadradas com as quais, em 1975, o mestre italiano Giorgetto Giugiaro deu forma e identidade ao Pony (leia mais abaixo). A mensagem é clara: para nós este carro é tão importante quanto o primeiro que produzimos. É, de fato, um novo começo.

O DESIGN

Qual será a identidade desse porta-bandeira da linha de emissão zero da marca coreana? Bem, o Hyundai Ioniq 5 será uma reformulação do clássico modelo dois volumes dos anos 70, mas seus cortes e ângulos agudos serão devidamente reinterpretados.

Hyundai Ionic 5

O modelo de produção terá volumes próximos aos de um crossover (claro) e dimensões maiores que as de um carro hatch médio. Pelo que apuramos, terá cerca de 4,50 m de comprimento, com entre-eixos “perigosamente” perto de três metros.

Hyundai Ionic 5

800 VOLTS

Uma nova plataforma torna possível tal relação entre a distância entre-eixos e o comprimento. Inédita, modular e desenvolvida especificamente para o uso em carros elétricos, será lançada no Ioniq 5, mas está destinada ao uso extensivo nos modelos de emissão zero do grupo Hyundai. Chamada de E-GMP (plataforma modular global-elétrica), ela promete ser uma das soluções mais avançadas de toda a indústria automotiva.

Isso porque a plataforma E-GMP terá capacidade de trabalhar com 800 volts: hoje, os sistemas automotivos usam 400V como padrão (a única exceção é o Porsche Taycan). Mas o SUV alemão, obviamente, não é concorrente dos carros elétricos da Hyundai/Kia. A principal vantagem são os tempos de carregamento bem mais reduzidos: 80% da carga em apenas 15 minutos (com fonte de carregamento rápido; fontes dizem que serão possíveis até 200 kW).

+Exclusivo: como Prost fez Senna perder o contrato com a Ferrari
Avaliação: ao volante do Ford Territory (será um negócio da China?)

O Ioniq 5 chega ao mercado ainda em 2021 com um segundo trunfo: usará uma bomba de calor de nova geração que usa o próprio calor do powertrain para aumentar a temperatura da cabine sem roubar energia da bateria. Uma vantagem significativa em lugares frios.

Se considerarmos que o Kona com bateria de 64 kWh tem 450 km de autonomia (WLTP), as expectativas para o 45 são muito mais altas. E não poderia ser diferente: para reviver a importância do mito das origens, é necessário deixar uma marca igualmente profunda entre o antes e o depois.

O VERDADEIRO PAI
No início, havia o cupê

Se é verdade que a maior fonte de inspiração para o Concept 45 (na primeira galeria desta página) foi a primeira geração do Pony de 1975, é importante destacar que seu genoma estilístico não termina assim.

Muitas idéias vistas no protótipo de 2019 têm raízes no projeto de outro conceito, o Hyundai Pony Coupé (acima e abaixo) apresentado no Salão do Automóvel de Turim de 1974. Considerado por muitos o precursor do DeLorean DMC-12, um dos desenhos mais famosos.

Hyundai Pony Coupé
Hyundai Pony Coupé (Divulgação)

O Pony Coupé nasceu em anos de grande criatividade e pedidos importantes para o Italdesign, de onde surgiram, entre outros, Lotus Esprit e o conceito Audi “Ás de Espadas”, apresentado em Frankfurt em 1973. O Pony Coupé foi evolução deste último e confirma o nome pelo qual deveria ser apresentado: “Ás de Paus”. Mas, quando a Hyundai viu o design, deicidiu colocar a sua marca nele.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel