Seis razões para acreditar que os carros antigos são mais legais

Adoro a tecnologia presente nos automóveis atuais. Mas lamento dizer que eles não têm nem de longe o mesmo apelo dos antigos...

12221

Como repórter automotivo, tenho a oportunidade de testar (e me apaixonar) por vários dos novos modelos de carros que as montadoras apresentam todos os anos. Mas sempre fui um apaixonado por veículos antigos e ter uma coleção deles é um dos meus objetivos de vida. Por isso mesmo, decidi elencar abaixo os motivos que me fazem admirar tanto esses automóveis. Aposto que muita gente irá se identificar com eles.

Esportivos de verdade

Divulgação

Atualmente, é muito mais comum as montadoras oferecerem carros com visual de esportivo, mas que trazem o mesmo conjunto mecânico das versões comuns. Algo diferente do que acontecia com modelos como os Chevrolet Opala SS 6 dos anos 1970 ou os Ford Escort XR3 do início dos anos 1990, que se diferenciavam bastante das versões mais comuns.

Perfeitos até nos defeitos

Com a eletrônica embarcada dos automóveis atuais, é muito mais fácil detectar um problema mecânico. Mas é cada vez mais complicado fazer um reparo de emergência usando um arame ou aprender mecânica de forma autodidata, desmontando um carburador em um sábado à tarde.

Cores e acabamentos

Rafael Poci Déa

Apliques plásticos ou em preto brilhante podem até ficar bonitos nos carros atuais. Mas detalhes como os tetos de vinil e as grades e calotas cromadas em metal faziam toda a diferença. Sem contar as diversas opções de cores chamativas como o Laranja Boreal dos Dodge Charger R/T ou o Verde Tropical da linha VW dos anos 1970. E ainda havia espaço para o revestimento imitando madeira na lateral das Ford Belina de 1ª geração.

Era da station wagon

Ford Belina (Divulgação)

Numa época em os Chevrolet Veraneio e os Ford/Willys Rural eram o mais próximo que podíamos chegar de um SUV, os carros que faziam sucesso com muitas famílias eram as peruas como a Ford Belina, a Chevrolet Caravan e a VW Variant. E como os cintos de segurança são uma preocupação relativamente recente, muita gente na faixa dos 30 anos (como eu) tiveram a oportunidade de dar um passeio despreocupado no compartimento de bagagens…

Acessórios malucos

Reprodução/Bored Panda

Nas décadas passadas, o que não faltavam eram fabricantes dos mais bizarros acessórios para os carros. Itens que iam de lanternas e grades personalizadas a kits completos que transformavam, por exemplo, um Chevrolet Monza em uma cópia de um BMW. E no exterior existiam ainda os kits para transformar um porta-malas em uma cozinha para camping

Carros e histórias

Reprodução/Bored Panda

Muita gente encara os automóveis atuais apenas como meios de transporte quase descartáveis. Mas antigamente a compra de um carro novo era quase um evento familiar, com o automóvel muitas vezes sendo encarado como um membro da família. Dentre os antigos que vemos hoje nos encontros e exposições, boa parte deles vem acompanhado de uma boa história.

 

blog comments powered by Disqus