Senado aprova projeto para reduzir o preço dos combustíveis

A votação ficou em 65 votos a favor e 12 contra

0
4
Foto: Pexels

Nesta segunda-feira (13), o Senado aprovou o projeto que fixa o teto de 17% do ICMS sobre combustíveis, além de energia elétrica, serviços de telecomunicações e de transporte público (PLP 18/2022).

A votação ficou em 65 votos a favor e 12 contra. Agora, a matéria volta à Câmara.

“Existe uma simulação que diz que o impacto no litro do óleo diesel será de uma redução de R$ 0,76, e que o impacto no litro da gasolina será de R$ 1,65”, afirmou o relator, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), na semana passada.


+ Gasolina: após leve queda, preço do combustível volta a subir nos postos
+ Gasolina: com 90 dias sem reajuste, defasagem do preço chega a 19%
+ Brasileiro já paga 30% a mais na gasolina em relação ao ano passado
+ Petrobras indica que preço do diesel vai aumentar e abastecimento requer ‘atenção’
+ Preço do diesel está 53% mais caro se comparado com o ano passado

Como funciona?

Como o ICMS é um imposto estadual, a proposta prevê uma compensação aos estados com o abatimento de dívidas com a União, quando a perda de arrecadação passar de 5%.

Os governos não endividados terão prioridade para fazer empréstimos com o aval da União, e podem ter recursos adicionais em 2023, segundo divulgado pela Agência Senado.

O ICMS incide sobre a circulação de mercadorias e sobre a prestação de serviços. Além disso, os Estados são obrigados a repassar 25% da arrecadação aos municípios.

PIS/Cofins

O texto aprovado também reduz a zero as alíquotas de Cide-Combustíveis e PIS/Cofins sobre a gasolina até 31 de dezembro de 2022.

Hoje, os tributos federais estão zerados para o diesel e gás de cozinha. O relator optou também por derrubar a zero a PIS/Cofins incidente sobre álcool hidratado e sobre álcool anidro adicionado à gasolina.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Peugeot registra seu maior número de vendas em 8 anos
+ Licenciamento de veículos em SP poderá ser pago em até 12x; veja como
+ Comparativo de SUVs: Jeep Compass vs. VW Taos e Toyota Corolla Cross
+ Avaliação: Jeep Renegade e-Hybrid é um híbrido bem diferente (e você vai poder comprar)
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Band renova contrato de transmissão da Fórmula 1 até 2025
+ Carros elétricos: Shell ganha 1º eletroposto de recarga rápida no Brasil
+ Ferrari pede ressarcimento de R$ 50 mil a salão de beleza no Brasil
+ Rodízio de veículos em SP está suspenso nesta terça-feira (14); entenda
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Comparativo: Renault Captur 1.3 vs. Chevrolet Tracker 1.2
+ Lightyear 0: carro elétrico e solar pode ficar longo período sem carregar