SP: nova Zona Azul entra em vigor; o que muda

0
122
A partir da próxima segunda-feira dia 15, a Estapar passa a ser única empresa autorizada a vender créditos de estacionamento para a nova Zona Azul de SP
Fiscalização de trânsito

Desde novembro de 2020 a nova Zona Azul de SP passou a ser administrada exclusivamente pelo aplicativo da Estapar. E, a partir da próxima segunda-feira dia 15, ela passa a ser única empresa autorizada a vender créditos de estacionamento para a nova Zona Azul de SP.

Desconto de 40% em multa será obrigatório; como pedir?
Poupatempo e Detran não vão mais entregar CNH em unidades


Com isso, a compra e ativação de Cartão Azul Digital (CAD) da Zona Azul de São Paulo será feita exclusivamente no aplicativo Estapar Nova Zona Azul -SP e nos estabelecimentos comerciais credenciados.

Saldos de CAD remanescentes em outros aplicativos serão transferidos para o app da Estapar até 28 de fevereiro. A Prefeitura, as empresas de aplicativo, juntamente com a CET estão fazendo todo o processo de validação para que o saldo esteja disponível aos usuários até o final deste mês.

A migração do saldo não é imediata e para que ele esteja disponível para os usuários é necessário instalar e se cadastrar no aplicativo Estapar Nova Zona Azul SP com o mesmo CPF ou CNPJ utilizado no aplicativo em que as pessoas possuem saldo. O download é gratuito nas lojas de aplicativos dos smartphones iOS e Android.

Até que esta migração de saldo de CAD seja concluída, os usuários possuem a opção de comprar novos CADs tanto no aplicativo oficial Estapar Nova Zona Azul SP, quanto nos estabelecimentos comerciais. Para mais informações acesse www.estapar.com.br/novazonaazulsp

Veja as principais dúvidas dos motoristas de SP sobre a nova Zona Azul digital:

Ainda posso estacionar com o papelzinho vendido pelas ruas da cidade?

O estacionamento rotativo de São Paulo passou por uma fase de modernização e o talão de papel foi extinto em 2017. Ainda é possível comprar os créditos digitais em estabelecimentos como bancas de jornais e locais de comércio e serviços, mas assim como nos aplicativos, os cartões são eletrônicos e o motorista não precisa colocar nenhum comprovante em seu carro. O sistema digital colabora com a fiscalização, que permite que menos erros ocorram.

Usava outro aplicativo que vende a nova Zona Azul digital em SP, como faço agora?

Em primeiro lugar, é importante reforçar que até 16 de novembro os motoristas podiam adquirir o cartão azul em qualquer uma das empresas credenciadas e esses créditos poderão ser usados até 15 de fevereiro de 2021.

As empresas puderam inclusive continuar vendendo normalmente o crédito mesmo após o dia 16 de novembro, enquanto houver estoque disponível. Logo, se você adquirir, por exemplo, R$ 100 reais em crédito no aplicativo da Zul+, você poderá continuar utilizando esse valor até fevereiro do ano que vem. Depois disso, o serviço da nova Zona Azul digital de SP passa a ser exclusivo da Estapar.

Outra opção será migrar os créditos para outros serviço disponíveis no aplicativo. No caso da nova Zul+, os usuários poderão usar o saldo para abastecer o carro, pagar o pedágio, multas e outros tributos pendentes.

Posso transferir meu crédito entre aplicativos da nova Zona Azul digital em SP?

Sim. Entretanto, os usuários podem seguir utilizando seus apps preferidos até o momento final, em fevereiro de 2021, caso ainda tenham saldo. Nesse período, é possível resgatar os CADs de seu aplicativo e utilizar o crédito em outras funções da mesma plataforma, reembolsar o montante ou, caso chegue em 15 de fevereiro, transferir para a Estapar que administrará a nova Zona Azul digital de SP.

O valor e horários de estacionamento na nova Zona Azul digital em SP continuam os mesmos?

Sim. O valor de um crédito de nova Zona Azul Digital em SP para estacionar os veículos na capital é de R$ 5, por hora, na regra geral. Dependendo da região, a regra muda e o tempo de permanência pode ser de até 2h ou 3h por crédito. Dessa forma, observe sempre a placa de sinalização para verificar o tempo de validade do Cartão Azul Digital, os dias da semana, o horário de funcionamento e demais condições de estacionamento.