Sprinter vira motorhome completo; conheça o modelo

0
64
Foto: Divulgação/Bicubico

Quem não gostaria de pegar o carro e sair pelo mundo afora em busca de aventuras? Mas, claro, de uma forma confortável. Essa foi a ideia de Sergio Barino, produtor e editor de vídeo.

Barino solicitou um projeto de motorhome à arquiteta Lucilla Mesquita, baseado em um Mercedes-Benz Sprinter 415 (2012/2013).


+ Kombi motorhome: conheça a empresa que customiza o modelo
+ Conheça o primeiro motorhome sustentado por energia solar

“A escolha do carro foi importante porque ele consegue ficar em pé. A primeira ideia do Sergio era uma Kombi, mas ele tem mais de 1,80m e ficaria desconfortável”, diz Lucilla.

Assim, a casa sobre rodas foi iniciada em fevereiro do ano passado – e concluída em novembro: nove meses de trabalho.

Estrutura

O planejamento incluiu adaptações de infraestrutura para a parte hidráulica, gás e elétrica, para atender o banheiro, cozinha e luminárias.

Foram criadas cinco janelas para complementar a ventilação e iluminação – onde ficam a mesa, porta de correr da lateral, quarto e banheiro.

Os vidros fixos das portas traseiras foram tratados com adesivo pelo lado externo e pelo lado interno foram colocadas chapas de MDF para que houvesse melhor conforto para dormir.

“No porta-malas usamos o espaço para cadeiras dobráveis, guarda-sol, parte de bateria e colocamos uma máquina de lavar e secar, fixada em uma das portas”.

Os espaços foram explorados com muitos armários com travas nas portas. Os dois bancos da frente viram e o espaço conta com uma mesa com regulagem de altura.

Iluminação

À noite, a iluminação interna fica por conta de luminárias de led, espalhadas pelo interior. Na área externa tem duas arandelas para iluminar a região da entrada lateral e toldo.

Nos vidros frontais tem um trilho que corre uma cortina blackout para ajudar no conforto e privacidade.

Materiais e detalhes

A arquiteta escolheu MDF Carvalho Malva como principal material na parte interna do motorhome. O piso vinílico acompanha praticamente o mesmo tom.

“Eu criei um conceito do ripado, que traz muitas soluções, inclusive para a acústica. Ele tem uma eficiência muito melhor do que um painel chapado liso. Foi aplicado o ripado praticamente no motorhome inteiro”, explica.

A bancada é de granito nacional amarelo e as pastilhas seguem na mesma paleta. As cortinas decorativas são de gaze de linho bege. Todos os bancos são de couro automotivo marrom.

Não há móvel solto no interior no motorhome, com exceção da cama da “Bier” (cadela de Sergio que, inclusive, viaja com o dono), que foi comprada em loja pet.

Os acessórios como tapetes e capachos de vinil foram colocados na entrada e tem outro interno que é posicionado conforme a necessidade.

A empresa que executou o projeto foi a CVE Chapecó – Veículos Especiais. Ao todo, o motorhome ficou aproximadamente em R$ 200 mil, incluindo o preço do carro.

Acompanhe a aventura do Sergio pela sua página do Instagram:

Instagram will load in the frontend.

 MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Motoristas de aplicativos devolvem 30 mil carros alugados
+ Volkswagen: produção em São Bernardo será reduzida por falta de chips
+ Híbridos por assinatura: empresa oferece Corolla Cross, Volvo e BMW
+ Versões e preços Fiat Pulse
+ Confira a galeria de fotos do Fiat Pulse
+ Avaliação: Fiat Pulse chega para ser um divisor de águas
+ Leilão da PRF tem 109 veículos conservados; lances começam em R$ 300
+ Pneu que não fura: Michelin tem data marcada para lançar modelo
+ Gol: carro mais acessível da Volks chega até quase R$ 90 mil; veja cada versão
+ Veja quais são os 10 carros populares mais roubados em SP