Startup paranaense cria veículo 100% elétrico a ser fabricado em série no Brasil

O Buggy Power é uma iniciativa focada no meio ambiente. De acordo com o fabricante, é possível percorrer 100 km com menos de R$ 9,90

Buggy Power
Buggy Power (Foto: Divulgação)

A Startup paranaense eION criou um veículo elétrico a ser produzido em série no Brasil. Após dois anos de desenvolvimento e testes com protótipos, eis o Buggy Power, um veículo para atender finalidades recreativas e turísticas. “Os carros elétricos são uma realidade ao redor do mundo e no Brasil. O projeto surgiu por questões pessoais e também motivado pela preocupação com a poluição do meio ambiente”, conta Milton Francisco dos Santos Junior, engenheiro elétrico e proprietário da eION.

+ Buggy vira conceito elétrico da VW
+ Harley-Davidson apresenta scooter elétrica com bateria removível
+ Avaliação: primeiro Honda elétrico aposta na diversão ao volante


O Buggy Power resgata uma parte da história da nossa indústria. Em 1974, a Gurgel apresentou o Itaipu durante do Salão do Automóvel de São Paulo. Foi um minicarro para dois ocupantes, que não entrou em produção, mas ajudou no desenvolvimento do modelo E-400, cuja fabricação ocorreu entre 1981 e 1982 – considerado o primeiro veículo elétrico fabricado em território nacional.   

“O Brasil possui uma tradição na fabricação de buggies. Foi uma forma de homenagear os construtores de antigamente. Entretanto, queremos dar uma passo além na fabricação deste tipo de veículo”, diz Milton. Se no passado, eles adotavam a base do Volkswagen Fusca, por exemplo, agora o Buggy Power utiliza um chassis próprio feito de aço. 

Totalmente elétrico, as células da bateria de íons de lítio são fabricadas na China e montadas no Brasil. Elas vão instaladas no assoalho do veículo para diminuir o centro de gravidade e beneficiar a condução. De acordo com Milton, o conjunto pode suportar até 4.500 ciclos (carga e recarga) e o tempo para “encher o tanque” varia entre duas e cinco horas, dependendo da fonte da energia (110V ou 220V). O plugue é residencial de três pinos (20A), porém, pode receber a entrada do tipo 2 para ser recarregado em estações de carregamento encontradas em shoppings e supermercados, por exemplo. 

Estão disponíveis as versões Econômica, Padrão e Luxo, com preços a partir de R$ 99.000, dependendo da versão e da quantidade. A diferença entre elas está, principalmente na autonomia. A da configuração Econômica é de até 150 km.

O motor movido a eletricidade produz 23 kW e um torque máxima de 61 kgfm permitindo acelerar de 0 a 80 km/h em 10,9 segundos. A tração é traseira. Contudo, a eION planeja adicionar a tração nas quatro rodas.  Já a configuração de topo Luxo (R$ 239.000) traz um motor elétrico de 66 kW e oferece uma autonomia de até 500 km.

O Buggy Power pode receber até cinco ocupantes e possui 3,480 m de comprimento, 1,855 m de largura e 1,480 m de altura. O entre-eixos é de 2,18 m, enquanto o vão livre em relação ao solo é de 200 mm. Os pneus possuem medidas  235/75 R15 na frente e 31×10 R15 atrás.