Stellantis lidera vendas na América do Sul no início de 2022

Grupou liderou as vendas nos três maiores mercados da região: Brasil, Argentina e Chile.

0
46
stellantis
Foto: Divulgação

A Stellantis ampliou sua participação no mercado sul-americano de automóveis e comerciais leves no acumulado do ano, assegurando a liderança na região. As vendas da empresa no primeiro bimestre superaram as 121 mil unidades, o equivalente a 24,5% do mercado sul-americano no período, em comparação com 22,3% de participação em janeiro e fevereiro do ano anterior, com um avanço de 2,2 pontos percentuais.

A Stellantis liderou os três maiores mercados da região. As vendas no bimestre totalizaram 80.679 unidades no Brasil, com 33,9% de participação, cresceram para 27.425 unidades na Argentina, com 40,1% de market share, e somaram 9.382 veículos no Chile, o correspondente a 13,6% daquele mercado.

+ Stellantis divulga lucro de 13,4 bilhões de euros em 2021
+ Fiat Toro 2022 fica mais econômica após se adequar ao Proconve-L7
+ Impressões: Jeep Renegade 2022 tem o motor que faltava
+ Segredo: como será o Peugeot 4008, o SUV-cupê do 3008


A marca Fiat continua à frente, liderando o mercado brasileiro há 14 meses e acumulando no bimestre 49.713 unidades vendidas e 20,9% de participação de mercado. A marca também se destaca com 13.275 veículos vendidos na Argentina (19,4% de participação) e um total de 63.587 unidades na América do Sul e 12,8% das vendas na região.

Também avançam no mercado sul-americano as marcas Jeep (23,3 mil unidades e 4,7% de participação), Peugeot (21,1 mil unidades e 4,3%), Citroën (10 mil e 2%) e Ram (1,8 mil e 0,4%).

No Brasil, no acumulado do ano, as marcas vêm ganhando participação de mercado. Jeep somou 19.707 unidades e 8,3% de participação de mercado, enquanto Peugeot avançou para 6.675 veículos e 2,8%, Citroën registrou 4.267 unidades e 1,8% e Ram emplacou 302 veículos (0,1%).

MAIS NA MOTORSHOW: