Subaru Forester

+ PONTOS POSITIVOS +

O Forester continua sendo um dos nossos crossovers preferidos. A novidade é que ganhou uma versão de entrada, muito mais em conta. Agora são três configurações: 2.0 L e 2.0 S de 150 cv e 2.0 XT Turbo de 240 cv. As três opções têm tração AWD (4×4 integral) e câmbio CVT (seis marchas simuladas no L e no S e oito marchas simuladas no XT Turbo). O carro está em sua quarta geração e traz um turbocompressor com duas entradas para os gases de exaustão. O Forester é bem equipado desde a versão L. Porta-malas de 505 litros.

PONTOS NEGATIVOS

Mesmo com o motor turbo de 240 cv, o Forester não é um suprassumo em desempenho – precisa de 11,8 segundos para ir de 0-100 km/h. Com 150 cv, é pior ainda. O design continua sendo seu ponto fraco. Como já dissemos no ano passado, não é feito, mas está longe de ser a Paola Oliveira dos carros. Isso reduz o mercado oara ele. E persiste a falta de um bluetooth mais amigável para esse carro, pois 2018 chegou!


Ficha técnica:

Subaru Forester 2.0

Motor: 2.0 turbo
Potência: 240 cv a 5.600 rpm
Torque: 35,7 kgfm a 3.600 rpm
Câmbio: CVT 8 (XT Turbo) / CVT 6 (S)
Pneus: 225/55 R18
Consumo cidade: 9,2 km/l
Consumo estrada: 12,8 km/l
Emissão de CO2: 129 g/km
Nota do Inmetro: C