SUV-cupê Renault Arkana é lançado com motor turbo e tração 4×4

Cotado para o Brasil, utilitário esportivo derivado do Captur será produzido inicialmente apenas na Rússia

Divulgação

O SUV-cupê Renault Arkana foi revelado em sua versão de produção. Cotado para o mercado brasileiro (leia mais aqui), o modelo será lançado inicialmente na Rússia, com motor turbo e opção de tração 4×4.


Segundo a Renault, o Arkana utiliza uma “plataforma de nova geração”, que apesar de derivada da utilizada por modelos como Duster e Captur, conta com “55% de novos componentes”. O SUV-cupê usa um motor TCe 150 a gasolina, um 1.3 turbo de 150 cv. Desenvolvido em parceria com a Daimler-Benz, fez a sua estreia na segunda geração do Duster europeu. O propulsor irá trabalhar em conjunto com uma transmissão automática CVT e existe ainda a opção de tração nas quatro rodas.

Por dentro, o Arkana se destaca pelo visual mais sofisticado do que o visto nos carros brasileiros da marca. A lista de equipamentos do modelo inclui itens como sistema de som premium Bose e um pacote de assistência eletrônico com monitor de pontos cegos e câmera 360°.

A pré-venda do modelo foi iniciada nesta quinta-feira (23), com chegada do carro às lojas marcada para o início do 2º semestre. A versão de lançamento Edition One sai por 1,419 milhão de rublos (cerca de R$ 88.800), na versão 4×2, e 1,499 milhão de rublos (cerca de R$ 93.800), na variação 4×4.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel