SUV elétrico Ford Mustang Mach-E chega com até 465 cv

Com tamanho de Porsche Macan, modelo chega ao mercado dos Estados Unidos em 2020

A Ford apresentou o Mustang Mach-E. Primeiro carro 100% elétrico de produção da marca, o SUV inspirado no esportivo Mustang e chega ao mercado americano até o fim de 2020. Com 4,72 m de comprimento e entre-eixos de 2,97 m, o Mustang Mach-E tem quase o mesmo comprimento do Porsche Macan, porém com o 16 cm a mais no espaço entre os eixos.

Por dentro, o destaque do modelo vai para o painel. A central multimídia Sync, de nova geração, usa uma tela de 15,5″, que além do sistema de som concentra boa parte dos comandos para os sistemas do veículo. A lista de equipamentos inclui também itens como faróis de LED, som premium Bang & Olufsen, painel digital de 10,2″ e o pacote de segurança Co-Pilot360 com sistema de direção semi-autônoma.

O modelo será oferecido em variações com baterias de 75,7 kWh e 98,8 kWh, que podem ser combinadas com a tração traseira ou integral. Com os acumuladores de menor capacidade e a tração integral, a autonomia é de 338 quilômetros. Marca que pode chegar a até 483 quilômetros na configuração de maior alcance, que combina tração traseira e a bateria de maior capacidade.

As versões menos potentes são as equipadas com motor apenas na traseira, que desenvolve 258 cv (bateria de 75,7 kWh) e 286 cv (98,8 kWh). Já as com tração integral ganham um propulsor também na dianteira, que faz a potência total subir para 337 cv.

A linha irá incluir ainda as variações esportivas GT e GT Performance Edition, ambas equipadas com tração integral e com potência máxima combinada de 465 cv. Com este conjunto, o Mach-E é capaz de acelerar de 0-100 km/h abaixo de quatro segundos.