T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

Volkswagen T-Cross Sense 2021, um dos principais carros para PCD: nova lei restringe acesso a benefício e aumenta IPVA
Volkswagen T-Cross Sense 2021, um dos principais carros para PCD: nova lei restringe acesso a benefício e aumenta IPVA

Sucesso entre o público PCD, o T-Cross chega à linha 2021 com preço a partir de R$ 69.990. Produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR), o modelo restá disponível para pré-reserva nas concessionárias Volkswagen.


VW T-Cross é o carro mais vendido do Brasil (mas só por um mês)
Confaz muda regras para compra de carro para PCD; veja como ficou

Quando o SUV mudou de sexo? Na verdade, não mudou

Para Gustavo Schmidt, vice-presidente de Vendas e Marketing da Volkswagen América Latina, a lista de equipamentos de série do modelo contribuiram para fazer dele o carro mais vendido em julho, superando até o Onix. “Não por acaso, a versão Sense contribuiu para fazer do T‑Cross o primeiro SUV, na história do mercado brasileiro, o carro mais vendido em um único mês no ranking geral”, completa o executivo. O T‑Cross também foi o SUV mais vendido do País no mês de junho.

Veja o T-Cross que ganhou nova versão PCD e preço de R$ 69.990

A configuração do T-Cross Sense se destaca pela lista de equipamentos de série completa incluida no preço, sob medida para o cliente PCD. Entre os itens, destaque para os 6 airbags (2 frotais, 2 laterais nos bancos dianteiros e 2 de cortina), ar-condicionado com filtro de poeira e pólen.

Os modos de direção contam ainda com assistente de partidas em aclives/subidas (Hill Hold Control), controles de tração (ASR) e estabilidade (ESC), bloqueio eletrônico do diferencial (XDS+), direção elétrica, faróis com função ‘Coming & Leaving Home’.

O conjunto ótico tem faróis de neblina com função ‘Cornering Light’, DRL (Daytime Running Light) em LED na região dos faróis de neblina, lanternas traseiras em LED, rack de teto, alarme anti-furto, volante multifuncional, ISOFIX e top tether para fixação da cadeirinha infantil, banco do passageiro dianteiro com encosto rebatível, freio à disco nas rodas traseiras, entre outros.

E agora, complementando a lista, a linha 2021 ganha regulagem de altura dos faróis dianteiros.

Para a versão Sense, o T‑Cross é oferecido nas cores sólidas Preto Ninja e Branco Puro, e na metálica Prata Sargas.

Base sólida e excelente performance. O Volkswagen T‑Cross utiliza a Estratégia Modular MQB A0, base para outros veículos da marca, como Polo, Virtus e Nivus. Versátil, ela permite variar inúmeras dimensões dos veículos, como a distância entre os eixos e os balanços dianteiro e traseiro, além de possibilitar o compartilhamento de módulos tecnológicos de segmentos superiores.

O SUV compacto da Volkswagen tem 4.199 milímetros de comprimento, 1.760 milímetros de largura (sem os espelhos retrovisores) e 1.570 milímetros de altura. Destaque para a excelente distância entre-eixos de 2.651 milímetros, uma referência no segmento, e para o porta-malas, com capacidade entre 373 litros e 420 litros.

O T‑Cross Sense é equipado com motor três cilindros 200 TSI Total Flex com injeção direta de combustível e turbo alimentado, que entrega até 128 cv (94 kW) e torque de 20,4 kgfm (200 Nm), totalmente à disposição entre 2.000 rpm e 3.500 rpm, faixa de torque que garante acelerações e retomadas robustas.

Nesta configuração, a transmissão é sempre automática de 6 marchas  (conversor de torque), com opção de trocas manuais pela alavanca (Tiptronic).

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel