Tamanho é fundamental?

NISSAN LIVINA R$ 56.379

O Nissan Livina chegou com bom preço e muitas qualidades, fatores que fazem com que os seus alvos, Meriva e Idea, sejam vítimas fáceis. Mesmo sobre o “queridinho” Fit, dependendo das prioridades, o Livina leva vantagem, principalmente na versão 1.6, por cerca de R$ 46 mil. Agora, a versão completa do Nissan enfrenta um rival de outro segmento: a Zafira, que recebeu novo motor. Será que o tamanho extra da Zafira lhe garante a vitória? Veremos…

CHEVROLET ZAFIRA R$ 56.085

Embora o modelo das fotos seja o Elegance (R$ 63.169), a equivalência de preço entre Livina e Zafira se dá na versão Comfort, de entrada: a GM, com câmbio manual, sai por R$ 56.085, e o Nissan, na versão 1.8 SL automática, por R$ 56.379. Com um pouco mais, R$ 59.216, a Zafira vem em versão automática, adicionada de airbag duplo, cromados no painel e regulador de velocidade.

Mas, voltando à Zafira Comfort, como se vê na tabela de equipamentos, na comparação com o Livina 1.8 SL ela perde em itens de segurança e peca pela falta de faróis de neblina, CD, volante em couro e rodas de liga, mas vem com freios a disco nas quatro rodas, ar digital e regulagem de altura dos faróis – coisas que o Livina não oferece. Mesmo assim, a vantagem é do Nissan: seus itens de série valem mais.

A Zafira já sente o peso da idade e deve ser reestilizada em breve. O Nissan é um produto moderno e mais atual

A Zafira é 15 cm maior do que o Livina no comprimento, 5 cm na largura, 9 cm na altura e 10 cm no entre-eixos. Além disso, seu porta-malas tem capacidade para 600 litros, contra 449 litros do Nissan – e, na hora de rebater o banco traseiro para uma carga maior, só a GM fica com assoalho plano. E, ainda, para quem precisa levar mais que cinco passageiros, a Zafira é a única opção, embora sobre, nessa situação, espaço para 150 litros de bagagem. Os números, neste quesito, mostram a superioridade da GM.

O único quesito no qual a Zafira é incontestavelmente melhor do que o Livina é no espaço interno. O modelo tem um amplo portamalas e ainda oferece a opção de uso dos bancos auxiliares, que acomodam dois passageiros a mais

Em desempenho, o motor da Zafira acaba de ganhar potência – seu 2.0 16V agora tem até 140 cv, contra o máximo de 126 cv do 1.8 16V do Livina. Embora a GM seja um pouco mais veloz (máxima de 192 km/h, contra 182 km/h do Livina), o Nissan, mais leve, é um pouco mais rápido (zero a 100 km/h em 10s7, contra 11 segundos da Zafira). São diferenças ainda muito pequenas para declarar um vencedor.

Quem precisa de um carro para cinco pessoas estará bem servido. O modelo é espaçoso e tem uma boa capacidade de porta-malas. Na comparação com a Zafira, tem mais itens de série e câmbio automático

No consumo de combustível, com gasolina, o Livina leva uma grande vantagem (leia as fichas técnicas). Resultado do projeto mais moderno do motor Nissan – pena que a taxa de compressão baixa prejudique seu consumo com álcool (neste caso, quase empata com a rival da Chevrolet).

A Zafira é uma minivan clássica, com posição de dirigir mais alta, típica do segmento, o que para alguns é uma vantagem (para outros, desvantagem). A suspensão do GM é mais dura, menos confortável que a do Nissan, que tem a dirigibilidade e o conforto de um sedã (menos em curvas, onde poderia ser mais firme, mas ainda é superior à Zafira). A direção com assistência elétrica do Livina também é mais leve e mais direto – a Zafira é mais pesada e um tanto lenta nas respostas. Vai do gosto do freguês, mas o prazer ao volante é maior no Nissan.

Por fim, enquanto o Livina é novidade, a Zafira já cansou e precisa mudar – o que deve ocorrer logo. Enquanto a GM tem ampla rede de concessionárias, a Nissan ainda está crescendo. E enquanto o Livina é superior em dirigibilidade, consumo, equipamentos e conforto (sem esquecer o câmbio automático), a Zafira ganha apenas em espaço interno. Se esta é sua prioridade absoluta, compre o GM (ou espere para conhecer o Grand Livina, maior e também com sete lugares). Mas, se para você o conjunto é mais importante, fique com o Nissan.

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar



COMPARTILHAR
Notícia anteriorMercado
Próxima notíciaO novo Chevrolet