Tecnologia de carros conectados da Ford alerta o motorista sobre perigos

Inovação trabalha de forma autônoma e é considerado um avanço em direção ao transporte conectado

A Ford apresentou na Europa uma nova tecnologia de carros conectados. Ela é capaz de alertar o motorista sobre perigos à frente na estrada, sejam eles escondidos em curvas ou em locais fora do campo de visão.

O chamado LHI (Local Hazard Information ou informação de perigos locais) é um considerável avanço na criação de uma infraestrutura de transporte conectado. O sistema trabalha de forma autônoma e sem qualquer interação do motorista. E os alerta são gerados automaticamente por ocorrências registradas pelos carros à frente. A nova tecnologia serve também para avisar sobre tempestades de granizo, inundações e deslizamentos de terra.

O Ford Puma será o primeiro modelo a ter esse novo sistema de série, oferecido com operação gratuita durante o primeiro ano. Até o final de 2020, o LHI estará disponível em mais de 80% dos modelos da Ford à venda no mercado europeu. Não será um benefício exclusivo, pois também pode gerar e receber alertas de carros de outras marcas.

Os sensores IHS são responsáveis por monitorar determinadas ações, como frenagens de emergência, uso dos faróis de neblina e do controle de tração. Os veículos emitem informações automaticamente por meio de uma conexão segura à nuvem usando o modem FordPass Connect – a HERE Tecnologies, parceira da Ford, é quem vai operar a plataforma para coletar as informações.

De acordo com o fabricante, quanto mais carros estiveram conectados, maior será a eficiência. O sistema também vai adicionar registros de acidentes dos órgãos públicos e reportes de trânsito, como de veículos na contramão, obras, pessoas ou animais na pista.

Confira o vídeo:

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool
+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas
+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial
+ Os 20 carros 1.0 mais econômicos do mercado brasileiro
+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar