Tesla fabrica respirador com peças do Model 3

Engenheiro da Tesla apresenta o respirador construído com peças do Model 3
Engenheiro da Tesla apresenta o respirador construído com peças do Model 3

A Tesla apresentou seu respirador fabricado com peças do Model 3. Um vídeo postado hoje na conta da montadora no YouTube mostra os engenheiros da marca apresentando o equipamento desenvolvido quase que interamente com peças do sedã.

De acordo com os engenheiros, a opção pelo projeto com peças do Model 3 se deu pelo conhecimento prévio que a equipe tinha desses componentes além da grande número que a montadora conta em estoque.

+ Coronavírus: vendas têm queda de 22%; Onix lidera
+ Médica lista cuidados especiais para motociclistas
+ Mercedes-Benz 600 é oferecido por R$ 12 mi

Elon Musk afirmou há algumas semanas que a Tesla construiria um respirador como parte das ações da empresa no combate à pandemia do coronavírus. O equipamento é um dos mais essenciais para o tratamento de insufiência respiratória, um dos efeitos mais graves da doença.

A iniciativa de usar peças de um modelo da linha de montagem, ainda que engenhosa, não é inédita. Há algumas semanas, a Ford anunciou que stava desenvolvendo nos EUA um respirador a partir da ventoinha da picape F-150.

O projeto posterioremente foi “exportado” para outras fábridas da montadora e, na semana passada, a Ford do Brasil e da Argentina anunciaram que também iriam trabalha na construção dos respiradores.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel