Teste rápido: Aceleramos o Mercedes-AMG GLB 35 4Matic na pista

O Mercedes-AMG GLB 35 4Matic é um SUV de sete lugares com 306 cv. Ele é capaz de transmitir versatilidade sem abrir mão de altas doses de emoção ao volante

0
8
Mercedes-AMG GLB 35 4Matic
Foto: Divulgação

A AMG completa 55 anos de história em 2022 e é impossível não recordar dos icônicos 300 SEL 6.8 AMG (baseado no Mercedes-Benz 600 Pullman), C 36 W 202 de 1993 (o primeiro da cooperação entre a Mercedes-Benz e a AMG), além dos modelos SLS e AMG GT – respectivamente, o primeiro e o segundo esportivo desenvolvidos na sede de Affalterbach, na Alemanha.

Eis que dois novos representantes do clã chegaram às concessionárias: o Mercedes-AMG GLA 35 4Matic (R$ 494.900) e o Mercedes-AMG GLB 35 4Matic (R$ 504.900), cuja a missão é de complementar a família. Aliás, segundo o fabricante, os SUV’s AMG refletem 60% da participação de mercado.

Os estreantes com a nomenclatura 35 asseguram usabilidade diária sem descuidar da emoção e se juntam aos “irmãos” GLC 43 4Matic (R$ 600.900), GLC 43 4Matic Coupé (R$ 641.900), GLC 63 S 4Matic+ (valores entre R$ 828.900 e R$ 861.900) e GLE 53 4Matic+ (de R$ 792.900 a R$ 798.900).

+ Avaliação: Mercedes-AMG A 35 4Matic é a equação de tamanho e potência na medida certa
+ Avaliação: Mercedes-AMG GLC 63 S Coupé oferece muito de tudo
+ Avaliação: Mercedes-AMG C 63 S é esportivo para colocar na lista de carros dos sonhos
+ Mercedes-AMG apresenta novo GT: o mais potente já criado


Visual arrojado

O exterior apimentado exibe a grade Panamericana (também vista nos Mercedes-AMG A 45 S 4Matic, CLA 45 S 4Matic e no radical C 63 S 4MAtic+ da geração passada W205), enquanto a estética ainda ostenta os novos para-choques dianteiro/traseiro exclusivos, o spoiler de teto, a dupla saída de escape e as belíssimas rodas de liga leve de 21”.

Indo para a cabine, a ótima posição de dirigir é conquistada com mínimos ajustes e o habitáculo proporciona o revestimento em Artico/Microfibra Dinamica nos bancos e no volante, o qual possui a base achatada e os comandos circulares/sensíveis ao toque – não encontrados no hot hatch Mercedes-AMG A 35 ou no Mercedes-AMG CLA 35.

Outros itens de série do GLB 35 são o teto solar panorâmico, o carregador de smartphone por indução e as duas telas de 12,3” dedicadas ao quadro de instrumentos totalmente digital quanto ao multimídia MBUX (Mercedes-Benz User Experiênce), para citar. 

Volta rápida na pista

Feitas as devidas apresentações é sob o capô onde se esconde a mágica do Mercedes-AMG GLB 35 4Matic. Afinal, lá repousa o propulsor de quatro cilindros 2.0 turbinado associado ao câmbio AMG SPEEDSHIFT DCT 8G de dupla embreagem e oito marchas. E o local escolhido para o nosso primeiro contato foi o traçado de 2.500 m de extensão do Haras Tuiuti, no interior de São Paulo. 

O conjunto mecânico entrega 306 cv de potência e 400 Nm (40,78 kgfm) de torque permitindo ao Mercedes-AMG GLB 35 4Matic acelerar da imobilidade aos 100 km/h em breves 5,3 segundos (5,2 segundos no GLA 35 4Matic), enquanto a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h.

Mercedes-AMG GLB 35 4Matic
Foto: Divulgação

Logo nos primeiro metros é possível sentir o fôlego do quatro cilindros sobrealimentado pelas rápidas reações, seja nas acelerações quanto nas espertas retomadas da caixa de oito velocidades – as trocas sequenciais podem ser realizadas por meio das borboletas atrás do volante.

+ Avaliação: Mercedes-Benz GLC combina motor a diesel e conforto
+ Avaliação: Mercedes-Benz GLS 450 é SUV de sete lugares dos sonhos
+ Avaliação: Mercedes-Benz GLB tem sete lugares e um segredo
+ Avaliação: Mercedes-Benz E 300 Exclusive é a estrela do conforto
+ Comparativo: Volvo XC40 vs. Mercedes-Benz GLA

Embora o Mercedes-AMG GLB 35 4Matic seja um SUV de sete lugares com 21,4 cm a mais no comprimento frente o Mercedes-AMG GLA 35 4Matic, ele não faz feio no quesito dinâmica. Um dos responsáveis pela capacidade de serpentear nas curvas é o conjunto de suspensões AMG RIDE CONTROL garantindo uma baixa rolagem de carroceria para um SUV de 1,662 m de altura ao passo que também são mínimas as transferências de cargas e a dianteira não mergulha nas frenagens mais fortes.

Como tudo o que anda uma hora deve parar, o sistema de frenagem é composto por discos de freios dianteiros de 350 mm e pinças de quatro pistões, enquanto de 330 mm e um pistão na traseira.

Mercedes-AMG GLB 35 4Matic
Foto: Divulgação

A tração 4Matic coopera na dirigibilidade e deixa o utilitário esportivo pregado no chão podendo enviar 50% da força para o eixo traseiro. A diversão aumenta ao passear pelos modos de condução Slippery, Comfort, Sport, Sport+ e Individual, os quais são responsáveis por alterar determinados parâmetros do veículo, por exemplo, como as respostas do motor e da transmissão, assim como a sonoridade do sistema de exaustão (fica mais intensa no Sport e no Sport+). Ainda falando do som do Mercedes-AMG GLB 35, a sinfonia é amplificada para dentro da cabine por meio dos alto-falantes. Ao contrário de outros fabricantes, essa solução não é sintetizada tampouco artificial.

Há quem torça o nariz para os SUV’s esportivos, mas o Mercedes-AMG GLB 35 4Matic estreia para ser uma opção para levar a família transmitindo versatilidade e sem abrir mão da diversão ao volante.


FICHA TÉCNICA

FICHA TÉCNICA
MERCEDES-AMG GLB 35 4MATIC
Preço básico: R$ 504.900
Carro avaliado: R$ 504.900

Mercedes-AMG GLB 35 4Matic
Motor: quatro cilindros em linha 2.0, 16V, duplo comando de válvulas com variação na admissão e no escape, turbo, injeção direta
Cilindrada: 1991 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 306 cv a 5.800 rpm
Torque: 400 Nm entre 3.000 e 4.000 rpm
Câmbio: automatizado de dupla embreagem, oito marchas
Direção: elétrica
Suspensões: MacPherson (d) e multi-link (t)
Freios: discos ventilados (d/t)
Tração: integral
Dimensões: 4,650 m (c), 1,834 m (l), 1,662 m (a)
Entre-eixos: 2,829 m
Pneus: 255/35 R21
Porta-malas: 570 litros (1.805 litros com o banco traseiro rebatido)
Tanque: 60 litros
Peso: 1.770 kg
0-100 km/h: 5s3
Vel. máxima: 250 km/h (limitada eletronicamente)
Consumo cidade: 7,5 km/l*
Consumo estrada: 12 km/l*
Emissão de CO2: 171 g/km*
Nota do Inmetro: D
Classificação na categoria: C (Extra-grande)
*estimado