Teste rápido: Andamos no caminhão Mercedes-Benz Actros LS 2653 6×4

O extrapesado Mercedes-Benz Actros LS 2653 6x4 oferece motor de 13 litros com 530 cv de potência, além de câmeras no lugar dos retrovisores externos

0
88
Mercedes-Benz Actros LS 2653 6x4
Foto: Divulgação

A ansiedade era grande tal e qual sinto momentos antes de avaliar um superesportivo. Inquietações à parte, sai da minha zona de conforto para encarar o Mercedes-Benz Actros LS 2653 6×4, um caminhão tão tecnológico quanto um Mercedes-Benz Classe S e que cobra R$ 1.100.000 com todos os opcionais – o equivalente a dois Mercedes-AMG GLB 35 (a partir de R$ 504.900).

Sou do mundo dos carros, mas sempre guardei admiração e respeito pelos profissionais que ganham a vida na boleia rodando pelas estradas. Logo de cara, o extrapesado rodoviário impõem respeito e mede 18 metros de comprimento de ponta a ponta. Ou seja, é como enfileirar quatro Mercedes-Benz Classe A (iniciais R$ 319.900).

Apenas o cavalo mecânico possui 7,200 m de comprimento, enquanto são 2,525 m de largura e 3,635 m de altura do chão até o topo do teto. No alto dos meus 1,70 m de estatura e 68 kg tive que pisar com vontade na escada de três degraus e colocar força em meus mirrados braços; me senti escalando uma montanha e…sem cordas ou mosquetões.


Uma vez vencida a subida, a visibilidade é fantástica, assim como os materiais empregados no acabamento interno em duas tonalidades. Fica a sensação de estarmos embarcados em um automóvel de passeio do fabricante da estrela de três pontas e, segundo a Mercedes-Benz, a cabine foi desenvolvida para atender às necessidades do público brasileiro.

+ Mercedes-Benz GLC tem teaser e data de lançamento revelados
+ Mercedes-Benz vai disponibilizar novo sistema de condução autônoma
+ Avaliação: Mercedes-Benz GLS 450 é SUV de sete lugares dos sonhos
+ Avaliação: Mercedes-Benz GLB tem sete lugares e um segredo

A amplitude interna contempla 1,84 m de altura e a boleia é minimalista pela pouca quantidade de botões físicos. Tudo foi concentrado no multimídia de 10,25″ com Android Auto/Apple CarPlay, o qual exibe gráficos semelhantes ao dos Mercedes-Benz Classe A ou Classe E, para citar. Há entradas USB-C para efetuar o carregamento de gadgets e carregador de smartphone por indução.

Outras comodidades aparecem nos confortáveis bancos forrados em couro, no para-sol controlado eletricamente e nos diversos porta-objetos espalhados, incluindo três sobre o para-brisa e uma gaveta de 51 litros, que pode ser substituída por uma geladeira de 25 litros. Além disso, outros dois porta-objetos possibilitam acessar o exterior da cabine.

A cama atrás dos bancos teve as dimensões ampliadas, com 2,20 m de comprimento, 75 cm de largura e 11 cm de altura, ao passo que a iluminação interna pode ser configurada em três tonalidades (branca, âmbar ou azul). O conforto ainda é evidenciado pelo ar-condicionado e o climatizador noturno (opcional). Este último, utilizado um compressor e dois ventiladores elétricos adicionais e pode funcionar por até oito horas.

Não há retrovisores externos

À frente dos olhos do motorista vai o quadro de instrumentos digital de 10,25″ e os comandos são realizados pelos botões táteis no volante, como no Mercedes-Benz Classe C. Contudo, o sistema MirrorCam é quem rouba a cena.

Da mesma forma que ocorre no Audi e-tron os retrovisores foram substituídos por câmeras de alta definição, com as imagens transmitidas aos monitores de 15” – porém em melhor posição que as telinhas do e-tron nas portas. Isso facilitou a visualização e em nenhum momento foi necessário desviar a atenção da estrada para conferir o que estava acontecendo ao redor do extrapesado/implemento. Aliás, o Mercedes-Benz Actros LS 2653 é o primeiro caminhão da América Latina com essa tecnologia.

530 cv de potência e 2.600 Nm de torque

O motor MB OM 471 LA Bluetec5 de seis cilindros em linha e 13 litros com injeção CDI (Common-Rail) está de acordo com o Proconve L7 e vai associado ao câmbio automatizado G291 PowerShift 3 de 12 marchas para render 530 cv de potência e 2.600 Nm (265,13 kgfm) de torque. Trata-se do propulsor mais potente movido a diesel da Mercedes-Benz disponível em nosso mercado e também encontrado nos modelos Actros 2553 LS 6×2 e no Actros 2653 S 6×4, para citar.

Acompanhado de João Moita, o “Embaixador da Voz das Estradas” e caminhoneiro com mais de 50 anos de experiência, foi possível sentir a disposição do “Mercedão”. Com muito ânimo, o Mercedes-Benz Actros LS 2653 6×4, que é fabricado em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, estava atrelado a um bitrem de sete eixos e PBT de 54 toneladas. Entretanto, o caminhão pode rodar com até 57 toneladas, sendo possível tracionar até 74 toneladas de PBT (Peso Bruto Total), de acordo com o fabricante.

Mercedes-Benz Actros LS 2653 6x4
Foto: Divulgação

+ Comparativo: Volvo XC40 vs. Mercedes-Benz GLA
+ Avaliação: Mercedes-Benz GLC 300 4Matic Coupé tem estilo ame-o ou deixe-o
+ IWC cria relógio em edição especial da equipe Mercedes-AMG de F1
+ Avaliação: Mercedes-AMG A 35 4Matic é a equação de tamanho e potência na medida certa

A transmissão automatizada pula as marchas para auxiliar na condução mais eficiente, além de contribuir no fôlego ao passo que as suspensões copiam muito bem o piso e a cabine vai apoiada sobre bolsas de ar para ajudar no controle/conforto da cabine. O silêncio a bordo é elogiável e igual aos automóveis da Mercedes-Benz também estão disponíveis os modos de condução. São eles: o Economy, o Standart, o Power e o manual.

O caminhão leva 1.015 litros de diesel, sendo um tanque de 535 litros e um de 480, enquanto outro reservatório pode receber 75 litros de Arla 32. Após modificações no propulsor e na transmissão houve uma melhora de 12% no gasto de diesel e durante a nossa experiência o computador de bordo indicou médias rodoviárias de 2,35 km/l.

Tecnologia a favor da segurança

A transmissão automatizada de 12 marchas possui o recurso PPC (Predictive Pòwertrain Control), o piloto automático preditivo, o qual conta com mapas topográficos e monitora por GPS a aceleração/frenagem prevendo subidas ou descidas dois quilômetros à frente da mesma forma que troca as marchas. Essa tecnologia permitiu dirigir grandes distância sem encostar no pedal do freio.

Ainda falando de tecnologia, o Mercedes-Benz Actros LS 2653 traz o ABA 5, que reúne uma câmera instalada no para-brisa e um radar no para-choque dianteiro para identificar veículos, ciclistas, pedestres e obstáculos estáticos ou móveis. Caso não haja reação por parte do condutor, o caminhão freia sozinho até a parada total.

Foto: Divulgação

Não só isso, pois também há o detector de fadiga, o qual analisa o comportamento de condução do motorista (atuação na direção, pedais de freio e de acelerador, por exemplo) em velocidades a partir de 60 km/h. Caso o sistema identifique algo fora do comum é enviado um alerta recomendando uma parada.

Já o assistente de partida em rampas (Hill Holder) atua por três segundos garantindo saídas em aclives mais seguras, enquanto ainda estão disponíveis o assistente de proximidade, o farol alto inteligente e o freio de estacionamento eletrônico.


FICHA TÉCNICA

MERCEDES-BENZ ACTROS LS 2653 6X4
Preço básico R$ 790.000
Carro avaliado R$ 1.100.000 

Mercedes-Benz Actros LS 2653 6×4
Motor: seis cilindros em linha 13.0, turbo, injeção direta Common-Rail
Combustível: diesel 
Potência: 530 cv a 1.600 rpm 
Torque: 2.600 Nm a 1.100 rpm 
Câmbio: automatizado, 12 marchas 
Direção: hidráulica 
Suspensões: molas parabólicas com amortecedores telescópicos de dupla ação e barra estabilizadora (d) e pneumática, com quatro bolsas por eixo, amortecedores telescópicos de dupla ação e barra estabilizadora 
Freios: tambores (d/t) com ABS e EBD  
Tração: 6×4 
Dimensões do cavalo mecânico: 7,200 m (c), 2,525 m (l), 3,635 m (a)
Entre-eixos: 3,635 m + 1,350 m (do segundo para o terceiro eixo) 
Pneus: 295/80 R 22.5 (d) e 315/80 R 22.5 (t)  
Tanques: 535 litros + 480 litros 
Peso: 9.960 kg

 

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Preço da gasolina aumenta em maio e bate novo recorde, diz ANP
+ Caminhoneiro desabafa: ‘vai parar’, ‘quase R$ 6 mil para encher o tanque’
+ Voltz lança triciclo elétrico voltado a entregas; conheça o Miles
+ Shineray prepara bike elétrica para concorrer com a Mobylette
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Revelado: BMW Série 3 ganha novo visual e tela curva no interior
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Fiscalização com radar móvel nas rodovias cai pela metade
+ Exposição de Maverick ocorre na Mooca, em São Paulo
+ VW Gol 42 anos: veja a história e quantos estão circulando em SP