Teste rápido: Peugeot 208 e-GT prova que centro de gravidade é tudo

Peugeot 208 e-GT

Na falta de um motor turbo no novo 208 nacional, a Peugeot trouxe o elétrico 208 e-GT. A cabine é ainda melhor que a do modelo nacional, com itens que foram cortados aqui nele, como o freio de mão elétrico, os filetes de LED na iluminação interna e os bancos com aquecimento, e mais atalhos junto aos “toggle switches” no painel para facilitar a vida do motorista. Com pegada esportiva, o e-GT é o novo GTI.


O 208 e-GT tem rodas exclusivas e lanternas de LED que não são oferecidas nas demais versões. Dão uma bela incrementada no visual

São 136 cv de potência, o que pode parecer pouco, mas o torque é de 26,5 kgfm, e com entrega sempre instantânea – suficiente para um 0-100 km/h em apenas
8 segundos. Tivemos uma rápida experiência com ele na pista do Haras Tuiuti, interior de SP. Os ajustes de banco e volante são mais amplos, e, depois de ajustá-los, sem querer desliguei o carro (estava ligado, mas não faz barulho…).

Depois de uma volta rápida na pista com o 208 a combustão, o e-GT mostrou seu brilho. Há três modos de condução – o Eco aumenta freio motor/recuperação de energia e permitiu dar uma volta sem pisar no freio (e a autonomia chega a 340 km). Mas o que mais interessa, claro, é o Sport.

Apesar de mais pesado, o Peugeot 208 e-GT anda muito mais, pela potência e torque extras, e também é muito mais na mão. Isso porque as baterias ficam debaixo do assoalho, bem no centro do carro. Como resultado, você pode acelerar sem dó e entrar nas curvas como um louco, que o carro – desculpem o clichê – parece estar preso a trilhos na pista. Centro de gravidade é tudo!

Dentro da cabine, o e-GT traz mais itens de conforto,
como o freio de estacionamento elétrico

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel