Teste rápido: Volkswagen Jetta GLI e a questão do custo x desempenho

O Volkswagen Jetta GLI passou a render 231 cv de potência e recebeu a nova transmissão DSG de sete marchas; confira o que mudou e como o sedã anda

0
4
Volkswagen Jetta GLI
Foto: Divulgação

O Volkswagen Jetta GLI é um jato de guiar pela condução acesa e a dinâmica sedutora. Tudo “culpa” do conjunto mecânico formado pelo casamento do propulsor 2.0 turbinado ao novo câmbio DSG de sete marchas. Assim como o antecessor, ele continua importado do México e debutou por iniciais R$ 216.990, sendo o melhor custo x desempenho à venda em nosso mercado.

Sob o capô, o bloco da família EA888 passou por modificações para atender as normas do Proconve L7 e conectado a caixa DQ381 – substituta da DQ350 de seis velocidades – rende 231 cv de potência (1 cv a mais) e saudáveis 350 Nm (35,7 kgfm) de torque entre baixíssimos 1.500 e 4.400 rpm.

Nosso primeiro contato ocorreu na pista do Circuito Panamericano, no interior de São Paulo, e o Volkswagen Jetta GLI (sigla para Gran Luxury Injection) atenderá aos consumidores, que desejam um desempenho acima da média associado a usabilidade diária.

+ Volkswagen lança o Golf mais potente da história, com 333 cv
+ Nova Volkswagen Amarok terá multimídia com telona na vertical
+ Volkswagen vai utilizar biometano na produção de veículos; entenda
+ Teste especial: VW Golf GTI 2022 e sua fórmula mágica (teste na pista e todas as gerações comparadas)

Como se comporta? 

Com relação peso-potência de 6,38 kg/cv e uma potência específica de 115,5 cv/litro, o sedã médio acelera forte, seja partindo da imobilidade quanto nas reduções – um mérito do trabalho eficiente da transmissão automatizada de dupla embreagem. Da mesma forma que caminha à frente com vigor também entrega uma mínima rolagem da carroceria e transferências de cargas entre os eixos.

A dinâmica é assegurada pelas suspensões dianteiras MacPherson e Multilink atrás, que permitem apontar a frente com extrema facilidade, assim como a traseira acompanha a trajetória pregada no chão – o contato com o piso ocorre pelos pneus Pirelli Cinturato P7 de medidas 225/45 R18.


Volkswagen Jetta GLI
Foto: Divulgação

Para melhor o comportamento outras armas presentes no Volkswagen Jetta GLI são a direção progressiva de relação variável, a qual é bem direta ao esterço, o e-LSD (atua na tração distribuindo o torque) e o XDS+ (funciona no freio). Aliás, como tudo o que anda uma hora precisa parar, a marca equipou o Jetta GLI com discos ventilados dianteiros de 312 mm na dianteira e de 300 mm na traseira.

Pelo seletor de modos de condução é possível escolher os programas Eco, Normal, Sport e Individual, responsáveis por alterar determinados parâmetros do veículo, como as respostas do motor/transmissão e da direção, para citar. Já a sonoridade fica por conta do atuador que emula mecanicamente o ronco do propulsor 2-litros turbinado com injeção direta – o três volumes da VW perdeu o sistema de injeção indireta. 

Nova estética

O visual repensado trouxe os novos para-choques dianteiro/traseiro, que elevaram o comprimento da carroceria em 3,8 cm indo para 4,747 m de ponta a ponta. A grade do radiador ganhou uma nova colmeia vazada, enquanto ainda aparecem detalhes vermelhos no friso frontal, na extremidade da dianteira e nas pinças de freios, que ficam aparentes por conta das novas rodas Phantom de 18”.

Volkswagen Jetta GLI
Foto: Divulgação

Atrás, os destaques estão nas lanternas 100% em LED, a dupla saída de escape com ponteiras ovaladas e na nova grafia do emblema GLI. O porta-malas acomoda volumosos 510 litros ao passo que o interior mudou pontualmente.

As novidades internas estão no novo volante multifuncional com botões sensíveis ao toque (presentes nos modelos como ID.3, ID.4 e ID. Buzz), nos acabamentos/costuras em vermelho, no multimídia desenvolvido no Brasil VW Play de 10,1” dotado de HD interno de 10 Gb, e na conectividade Android Auto/Apple CarPlay sem a necessidade de cabos. Os bancos esportivos abraçam e seguram muito bem o corpo e quem viaja atrás encontra 2,680 m de entre-eixos garantindo bom espaço para as pernas e os joelhos.

O Volkswagen Jetta GLI é vendido em versão única e de série, entre os itens, oferta espelhos retrovisores externos com desembaçador, espelho retrovisor interno fotocrômico, sensor de chuva, carregador de smartphone por indução, entradas USB-C, quadro de instrumentos totalmente digital Active Info Display de 10,25”, ar-condicionado digital automático de duas zonas, teto solar, acesso/partida sem chave e iluminação interna configurável em dez tonalidades.

Já o pacote de segurança compreende o controlador de velocidade adaptativo (ACC) com função Stop & Go, o acendimento automático dos faróis, os seis airbags (frontais, laterais e de cortina), a frenagem autônoma de emergência (AEB), o sistema de frenagem pós-colisão, o detector de fadiga e o Isofix para fixação de cadeirinhas infantis.

Conforma falamos no início, o Volkswagen Jetta GLI custa iniciais R$ 216.990 (cor branco Puro). Contudo, o valor sobe para R$ 217.840 na opção cinza Puro, R$ 218.990 (azul Rising ou vermelho Kings) e R$ 219.190 na tonalidade perolizada preto Mystic.


FICHA TÉCNICA

VOLKSWAGEN JETTA GLI
Preço básico: R$ 216.990
Carro avaliado: R$ 216.990

Volkswagen Jetta GLI
Motor: quatro cilindros em linha 2.0, 16V, turbo, injeção direta, variação na válvula de escape
Cilindrada: 1984 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 231 cv de 5.000 a 6.200 rpm
Torque: 350 Nm entre 1.500 e 4.400 rpm
Câmbio: automatizado de dupla embreagem, sete marchas
Direção: elétrica
Suspensão: MacPherson (d) e multilink (t)
Freios: disco ventilado (d) e disco sólido (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 4,747 m (c), 1,799 m (l), 1,478 m (a)
Entre-eixos: 2,680 m
Pneus: 225/45 R18
Porta-malas: 510 litros
Tanque: 50 litros
Peso: 1.476 kg
0-100 km/h: 6s7
Velocidade máxima: 249 km/h
Consumo cidade: 9,9 km/l
Consumo rodovia: 12,2 km/l
Nota do Inmetro: C
Classificação na categoria: B (extra grande)

 

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Comparativo de Carros Elétricos: Peugeot e-208 GT vs. Mini Cooper SE vs. Fiat 500e vs. Renault Zoe
+ Licenciamento: veja o calendário completo e como pagar em SP
+ Ford revela nova Ranger Raptor com as cores da bandeira LGBTQ+
+ Série limitada de microcarro elétrico da Citroën esgota em 17 minutos
+ Novo Peugeot 408: SUV cupê é finalmente apresentado
+ Novo Fusca mescla linhas do passado e itens futuro por R$ 3 milhões
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Avaliação: Toyota Corolla Cross híbrido põe o consumo acima de tudo; vale a pena?
+ App 99 cria plataforma que permite usuários alugarem carros
+ CNH vencida: 140 mil condutores em SP precisam renovar em junho