Toyota Camry fica mais ousado em nova geração

Praticamente esquecido no Brasil, o Toyota Camry foi o carro de passeio mais vendidos dos Estados Unidos dos últimos 15 anos. E para manter o modelo no topo, a marca japonesa acaba de revelar em Detroit a oitava geração do sedã grande.

O novo Camry agora é construído sobre a plataforma modular TNGA, já utilizada em modelos como o Prius e o crossover compacto CH-R. E sobre esta plataforma mais atual, o sedã, que tradicionalmente sempre teve um desenho bastante conservador, ganhou uma carroceria de linhas mais ousadas, 2,5 cm mais baixa e com o entre-eixos 5 cm mais longo que a do Camry atual, e com direito até a opção de grandes rodas de 19 polegadas com acabamento escurecido.

Talvez para não desagradar tanto ao público mais tradicionalista, a mesma ousadia do exterior não se repete por dentro. O painel tem linhas simples e chega a lembrar o conjunto utilizado no Corolla de 10ª geração, aquele vendido no Brasil até o início de 2014. Mesmo assim, o novo Camry tem um bom pacote de equipamentos tecnológicos, com direito ao visor HUD, sistema de frenagem automática com detector de pedestres e piloto automático adaptativo e um sistema de som premium JBL.

A gama de motores do modelo inclui um duas opções a gasolina (3.5 V6 e 2.5 de quatro cilindros), que são combinadas a uma transmissão automática de oito marchas, além da configuração híbrida (motor 2.5 e elétrico, com câmbio automático CVT).

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar