Toyota Camry volta ao Brasil em versão única e híbrida por R$ 331.790

O sedã de luxo recebeu atualizações no visual e em segurança

0
292
Foto: Divulgação

O Toyota Camry retornou ao Brasil em versão única (XLE) e híbrida. O sedã começa a ser vendido nesta semana em todas as concessionárias da marca no País por R$ 331.790.

O novo Camry também recebeu atualizações no visual. No desenho dianteiro, houve o alongamento da área central do veículo, que se estende desde o capô até o para-choque e se interliga ao canto do para-lama.

+ Avaliação: Toyota Corolla Cross híbrido põe o consumo acima de tudo; vale a pena?
+ Guia de Carros Híbridos: os SUV e sedã pioneiros da Toyota
+ Toyota Gazoo Racing inaugura sua 3ª loja GR Garage no Brasil


Além disso, ele tem detalhes cromados nas laterais do para-choque e as rodas são de 18 polegadas de liga leve.

Por dentro

Foto: Divulgação

Internamente, os bancos são revestidos de couro com detalhes de material sintético premium. O volante e a manopla de câmbio também receberam apliques do material, com detalhes em prata, igualmente utilizados nas maçanetas.

Seu teto solar panorâmico tem abertura elétrica e sistema de iluminação ambiente com LEDs.

Tecnologia

Foto: Divulgação

O sedã oferece infoentretenimento a bordo, por meio do sistema de áudio da central multimídia, com tela de resolução HD e sensível ao toque de 9 polegadas. Já o computador de bordo tem tela TFT colorida de 7 polegadas.

O Camry conta com ar-condicionado digital de três zonas, com controles de temperatura independentes para o motorista, passageiro dianteiro e bancos traseiros, e painel de controle touch para os passageiros de trás.

Ainda disponibiliza, de série, o assento traseiro elétrico com regulagem de inclinação.

Segurança

A linha 2023 do sedã de luxo recebeu aprimoramentos em segurança, principalmente no TSS, o Toyota Safety Sense – o pacote de segurança ativa da marca.

A partir de agora, portanto, o Camry passa a oferecer itens como o Alerta de Mudança de Faixa com condução assistida (LDA), o Sistema de Pré-colisão Frontal (PCS), que recebeu melhorias na detecção de pedestre à noite e ciclistas que se aproximem, até mesmo em curvas.

Além disso, foi adicionada a função de Assistência de Direção de Emergência (ESA), que auxilia o motorista na execução de manobras e desvios de obstáculos.

Foto: Divulgação

Motor

O modelo vem equipado com um motor a combustão de 2.5L DOHC de quatro cilindros 16V VVT-iE de 178 cv a 5.700 rpm e torque de 22,5 kgfm a 3.600 rpm, mais três motores elétricos que juntos entregam 120 cv e 20,6 kgfm de torque.

Combinados, os propulsores resultam numa potência máxima de 211 cv. O automóvel conta com transmissão automática eCVT.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Caminhoneiro desabafa: ‘vai parar’, ‘quase R$ 6 mil para encher o tanque’
+ Voltz lança triciclo elétrico voltado a entregas; conheça o Miles
+ Preço da gasolina aumenta em maio e bate novo recorde, diz ANP
+ Licenciamento de veículos: confira o calendário e como pagar em SP
+ Contran vai beneficiar motoristas que não cometerem infração por 1 ano
+ Exposição de Maverick ocorre na Mooca, em São Paulo
+ Nova geração da Suzuki Hayabusa está perto de chegar ao Brasil
+ Defasagem do preço da gasolina chega a 19%; diesel fecha em 5%
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ IPVA SP 2022: parcela vence para veículos com placa final 4