Toyota compra divisão da Lyft para desenvolver carros 100% autônomos

Toyota

Por meio da sua subsidiária Woven Planet, a Toyota anunciou um acordo de US$ 550 milhões (cerca de R$ 3 bilhões) com a Lyft para adquirir a Level 5, divisão de desenvolvimento de tecnologia autônoma do aplicativo de transporte compartilhado, com o objetivo de acelerar o desenvolvimento dos seus primeiros automóveis capazes de dispensar totalmente o motorista.

+Avaliação: Toyota Mirai, o elétrico a hidrogênio (e sem recarga)
+Avaliação: Toyota Corolla Cross é aposta segura contra Jeep Compass
+Carros híbridos mais vendidos do Brasil em 2020: Toyota e Volvo dominam quase 90% do mercado
+Toyota Supra preparado por alemã vai de 340 cv para 550 cv

Por meio do acordo, a Lyft se torna parceira da Toyota no desenvolvimento e comercialização de futuros carros 100% autônomos. Pelo negócio, o grupo japonês irá investir imediatamente US$ 200 milhões (R$ 1,090 bilhão), com o restante dos US$ 350 milhões (R$ 1,9 bilhão) sendo diluídos ao longo dos próximos cinco anos.

A partir da concretização do negócio, a Toyota terá um time de 1.200 cientistas e engenheiros dedicados para o desenvolvimento de tecnologias de direção autônoma, divididos em centros de pesquisa em Tóquio (Japão), Palo Alto (EUA) e Londres (Reino Unido).

“Trazer os engenheiros e especialistas da Level 5 para o nosso grupo — assim como os recursos tecnológicos da empresa — vai nos permitir ter um impacto mais maior e mais rápido”, destacou o CEO da Woven Planet, James Kuffner, em comunicado divulgado pela Toyota.

Atualmente, o patamar mais avançado de automação veicular disponível no mercado é o nível 3, que é oferecido apenas no Japão no modelo Honda Legend, e que permite dispensar o motorista em condições de tráfego lento e congestionamentos.

Boa parte dos fabricantes do mundo, incluindo a Toyota, decidiram pular esta etapa e trabalham para lançar carros autônomos de nível 4, que dão um passo além em termos de automação e ficam apenas um estágio abaixo do nível 5, quando será possível dispensar totalmente o condutor humano.

Mais na Motor Show

+Fomos conhecer os primeiros detalhes do Ford Bronco Sport
+Honda CR-V 2021 estreia novo visual e pacote Sensing
+Cinco hábitos que detonam um carro blindado
+Nova Suzuki GSX-S1000 2021 é revelada no exterior. E no Brasil?
+Entenda como a nova lei de trânsito pode afetar o seguro automóvel
+Mini Cooper S Cabrio 2022 estreia por iniciais R$ 269.990

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel