Toyota Yaris dos europeus ganha nova geração

Diferente do brasileiro, hatch compacto estreia nova plataforma modular e conjunto motriz híbrido de nova geração

Toyota Yaris Europa
Toyota Yaris Hybrid (Divulgação)

O Toyota Yaris vendido na Europa acaba de ganhar uma nova geração. Diferente do Yaris feito no Brasil (e no Sudeste Asiático), o carro dos europeus marca a estreia da variação GA-B da plataforma modular TNGA — que tem vários componentes em comum com a variação GA-C do novo Corolla — e de um novo conjunto motriz híbrido.

De acordo com a Toyota, a nova geração foi desenvolvida com o foco no prazer ao dirigir e para ser “o compacto mais seguro do mundo”. Na comparação com o carro atual, o novo Yaris perdeu 5 mm no comprimento e 40 mm na altura. Mas ganhou entre-eixos 50 mm mais longo e ficou 50 mm mais largo.

Sob o capô, o destaque é o novo conjunto motriz híbrido de quarta geração da Toyota, que faz a sua estreia global no Yaris. Composto por um novo motor 1.5 de três cilindros — derivado do usado no SUV RAV4 Hybrid — e um propulsor elétrico, desenvolve até 15% mais força e tem consumo de gasolina 20% menor do que o híbrido da geração anterior.

O novo Yaris é o primeiro modelo compacto do mundo equipado com um airbag central. O equipamento fica posicionado entre os assentos dianteiros e tem como objetivo aumentar a proteção dos ocupantes em caso de impacto lateral. A lista de equipamentos traz ainda itens como Head-Up Display (HUD) de 10″, painel de instrumentos com duas telas digitais e carregador de celular por indução.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel