Troller Bold chega como série especial no Salão por R$ 129.990


O Troller T4 quase não tem concorrentes no mercado brasileiro. O Jeep Wrangler é muito caro (a partir de R$ 184.900) e o Renegade Trailkhawk (R$ 134.990) é mais civil. Sem a concorrência do jipinho TAC Stark (catarinense e depois cearense que nunca o ameaçou), o Troller T4 tem um nicho importante. Seu melhor ano foi 2015, quando emplacou 2.019 unidades (contra 1.476 na temporada anterior). Este ano, como todo o mercado, caiu: de janeiro a setembro a Troller vendeu cerca de 1.300 unidades.

O Troller Bold, apresentado hoje (28/10) em São Paulo, é uma série especial limitada em 180 unidades. Ele custa R$ 129.990 é baseado no T4 XLT (R$ 124.890). O Troller Bold já vem com snorkel, central multimídia e pintura especial em dois tons. Segundo a Ford, esses itens elevariam o preço do XLT a R$ 132.590 se fossem comprados separadamente. A parte superior do carro é sempre em cinza escuro, com pintura fosca. Na parte inferior, o Troller Bold pode ser amarelo, branco ou vermelho.

Essa é a terceira vez que o Troller T4 ganha uma série especial. As outras duas foram a Expedition e a Desert Storm. A série Bold também caprichou nas rodas (preto fosco), nos ganchos dianteiros (vermelhos) e no snorkel (preto fosco). Por dentro, o Troller Bold também é pintado em cinza escuro, ao invés do prata da versão normal.

O carro é bem equipado em conveniência. A central multimídia é Kenwood Excelon. Tem DVD player, GPS da Garmin, Bluetooth e tela central de 7” sensível ao toque. O ar-condicionado é de duas zonas e o computador de bordo tem sete funções. Como o carro é muito usado em trilhas e competições, o interior é lavável.

Mecanicamente, o Troller Bold conta com um potente motor 5 cilindros 3.2 a diesel de 200 cv de potência e 47,9 kgfm de torque. O câmbio é manual de seis marchas, com tração 4×4 eletrônica e reduzida. A suspensão dianteira tem o amortecedor ao lado da mola e não dentro, como é comum nas McPherson. Já a traseira usa eixo rígido.

Segundo a supervisora de vendas e marketing da Troller, Carla Freire, “obstáculos não existem só fora da estrada, mas também na cidade.” Por isso, o carro tem grande capacidade de superar as dificuldades, com ângulos de entrada e saída de 51o, aclive máximo de 45o, inclinação lateral de 40o e imersibilidade de até 800 mm. Porém, o carro não possui airbags, pois a legislação não exige para esse tipo de veículo.

As vendas começam dia 7 de novembro, na semana de abertura do Salão de São Paulo (dias 10 a 20). A Troller anunciou que seu estande também terá um carro-conceito chamado T4 Xtreme.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel