Um pouco de racionalidade

Você acabou de conferir os principais esportivos mostrados em Genebra. Agora, vamos voltar à realidade para conhecer quais são os carros “normais” lançados por lá, para usar no dia a dia. A terceira geração do Audi TT desembarca no Brasil no primeiro trimestre de 2015. Completamente reformulado, segundo a marca, o visual reinterpretou o primeiro modelo, de 1998. Por dentro, o ponto  alto ca pelo painel de instrumentos totalmente digital. Montado sobre a mesma plataforma do VW Golf e do Audi A3, o carro tem entre-eixos de 2,50 m (3,7 cm a mais que seu antecessor). Na Europa, estão reservadas três opções de motores 4 cilindros a gasolina com turbo. A mais potente, de 314 cv, é destinada ao TTS. O câmbio é manual de seis marchas ou automatizado de dupla embreagem, também de seis. Além do TT, a marca revelou o conceito TT Quattro Sport, de 425 cv. 

Outro Audi, o S1, também desembarca em 2015 no País. O modelo traz bloco 2.0 de 231 cv e 37,7 kgfm. A tração é integral. O S1 chama a atenção por seu visual arrojado, com para-choques, rodas, faróis, lanternas, defletor de ar traseiro e escapamento de quatro saídas redesenhados. Em meio às novidades da Audi, a compatriota BMW mostrou o Série 2 Active Tourer, o primeiro carro da historia do fabricante com tração dianteira. Pra cá, o modelo deverá vir entre o final de 2014 e o início de 2015. Na Europa, o Série 2 terá três opções de motores 3 cilindros: dois a gasolina (de 138 cv e 231 cv) e um a diesel (152 cv). O câmbio é manual ou automático de seis e oito marchas. Entre os itens, controle de cruzeiro adaptativo, controles eletrônicos de tração e de estabilidade fazem parte do pacote.

Entre os carros pequenos, três mereceram destaque. O Cintroën C1 pesa apenas 840 quilos e poucos 3,26 m de comprimento. Com versões de três e cinco portas, traz motor tricilíndrico de 1,2 litro e 82 cv. Outro carro apresentado pela Cintroën foi o crossover C4 Cactus, bem como a sua versão Aventure. Já a Peugeot mostrou o compacto 108. Ainda nas francesas, a Renault debutou a terceira geração do Twingo, que passou a ter tração traseira e motor montado na parte posterior. Para ele, foi escolhido o bloco 1.0 aspirado de 70 cv e 9,3 kgfm e um 0.9 turbo com 90 cv e 13,8 kgfm. Para os donos de Ford Focus, uma triste notícia. No estande da marca estava o modelo com retoques visuais na dianteira. Vale lembrar que o novo Focus chegou ao Brasil no m do ano passado, mas já mudou lá fora.

 

Veja também

+ Fiat faz desconto em toda a linha; preço do Toro cai R$ 32 mil
+ Acesso de fúria de macaco deixa um homem morto e 250 pessoas feridas na Índia
+ Risco de casos graves de Covid é 45% maior em pessoas com sangue do tipo A, segundo pesquisadores europeus,
+ Aprenda a fazer o brigadeiro de paçoca de Ana Maria Braga


COMPARTILHAR
Notícia anteriorDe fantasia à realidade
Próxima notíciaO brasileirinho