Uma Ferrari diferente, potente e para lá de ousada

Quando falamos de Ferrari alguns modelos vêm à mente, como a 250 GTO ou a F40, por exemplo. Embora com linhas aerodinâmicas e (certamente) esquisitas, à Testa d’ Oro foi criada para a quebra de recordes de velocidade. Desenhada por Luigi Colani, ela nasceu em 1989 – a versão final veio dois anos mais tarde, em 1991. A base é um modelo Testarossa de produção, mas com modificações. Entre elas, o motor V12 Ferrari foi preparado pela empresa Lotec, com a adição de dois turbos para oferecer 750 cv de potência e 91,7 kgfm de torque. O câmbio é manual de seis marchas. Todo esse poderio mecânico rendeu um momento de glória ao Testa d’ Oro. Em 1991, o carro estabeleceu a marca de 351 km/h no deserto de sal de Bonneville, nos Estados Unidos.

A Testa d’ Oro está á venda, de acordo com o site Hemmings.com. O preço publicado é de US$ 1.700.000 (algo próximo de R$ 5,3 milhões).

Veja também

+ A biblioteca básica do motociclista cool

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar