Uma série especial feita para impressionar

0
3494
Roberto Assunção

As séries limitadas permitem levar mais equipamentos pagando menos. No caso do Hyundai HB20, depois da versão Fifa do ano passado, em alusão à Copa do Mundo no Brasil, a Hyundai lança uma nova edição especial, essa somente para o sedã e batizada de Impress. Baseada na configuração Comfort Plus (de entrada), a Impress é limitada a 3.000 unidades e tem preços de R$ 53.665 (manual) e R$ 57.225 (automático).

São R$ 1.760 a menos que a versão Premium. De série, incorpora alguns itens dela, como volante ajustável em altura e distância, acendimento automático dos faróis, vidros elétricos com “um toque” para as quatro portas, sensor de estacionamento traseiro, chave canivete com abertura e fechamento dos vidros e bancos de couro. Há, ainda, central multimídia com tevê, bluetooth com streaming de áudio e entradas USB e auxiliar.



A central multimídia com tevê é um dos destaques da série especial, que, no entanto, fica devendo o banco bipartido e outros itens

Indisponíveis na Impress, a Premium traz a mais ar-condicionado com purificador de ar, banco traseiro rebatível (60/40), comando centralizado de travamento de portas e faróis de neblina, entre outros. O motor é o conhecido 1.6 de até 128 cv, e o câmbio pode ser manual de cinco marchas ou automático de quatro (avaliado). Há força nos baixos giros, apesar de a transmissão roubar parte do brilho. Dirigindo comedidamente, as mudanças ocorrem suavemente.

Em rotações mais altas, porém, as trocas são acompanhadas de leves trancos. Além disso, as reduções demoram a acontecer. Já o isolamento acústico poderia ser melhor, pois é possível, em dias chuvosos, escutar a água batendo nas caixas de rodas, por exemplo. Os pontos positivos vão para acabamento, espaço e leveza da direção, que é hidráulica, mas parece elétrica. As suspensões cativam pela maciez ao absorver os defeitos do piso.

Embora o HB20S tenha apenas dois anos de mercado, um facelift na família HB20 pode estar próximo. A versão hatch poderia adotar algumas mudanças mostradas no conceito HB20 R-Spec exposto no último Salão de São Paulo, no ano passado. Entre as novidades, está a grade do radiador hexagonal, como já adotada lá fora pelos modelos i10, i20 ou i40 Wagon.

—–

Ficha técnica:

Hyundai HB20S 1.6 Impress

Motor: 4 cilindros em linha, 16V, comando variável
Cilindrada: 1591 cm3
Combustível: flex
Potência: 122 cv a 6.000 rpm (g) e 128 cv a 6.000 rpm (e)
Torque: 16 kgfm a 5.000 rpm (g) e 16,5 kgfm a 5.000 rpm (e)
Câmbio: automático, quatro marchas
Tração: dianteira
Direção: hidráulica
Dimensões: 4,230 m (c), 1,680 m (l), 1,470 m (a)
Entre-eixos: 2,500 m
Pneus: 185/65 R15
Porta-malas: 450 litros
Tanque: 50 litros
Peso: 1.011 kg 0-100 km/h: 11s (g) e 11s4 (e)
Velocidade máxima: 174 km/h (g) e 177 km/h (e)
Consumo cidade: 11,5 km/l (g) e 7,9 km/l (e)
Consumo estrada: 12,9 km/l (g) e 9,3 km/l (e)
Nota do Inmetro: B
Classificação na categoria: B (Médio)