Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina

Corolla

Na faixa dos R$ 50.000, você compra um compacto zerinho. Ou, então, um Toyota Corolla usado, modelo 2012 ou 2013, de acordo com a tabela Fipe. Trata-se de um dos sedãs mais desejados mundo, justamente por sua liquidez de mercado – resultado de muitas qualidades, entre elas a confiabilidade mecânica.

“Achar um Corolla pouco rodado e de boa procedência tornou-se difícil. Por não pedir manutenções, alguns proprietários relaxam nos cuidados e revisões”, diz Renato Ghetti, da RB Consultoria Automotiva.

Inquebrável, nenhum carro é. Todos pedem manutenção e cuidados. No caso do Corolla, ao menos não há problemas crônicos. No entanto, Edson Roberto de Ávila, o “Mingau” da Mingau Automobilística, oficina de Suzano (SP), alerta para a possível contaminação interna do motor. “Ela pode ocorrer por conta da qualidade do combustível. É bom efetuar o flush e instalar velas de irídio”, explica.

Outro problema causado por combustível ruim podem aparecer nos injetores. “Costuma acontecer aos 80.000 km”, diz Mingau. Caso seja necessária a substituição, o custo não é de arrepiar os cabelos (veja tabela). Faço revisões preventivas e o Corolla nunca me deu aborrecimentos. As peças são bem acessíveis”, avalia Elias Rogério de Souza, de Itumbiara (GO). “Estou há três anos com o Corolla. Nunca deu problemas”, conta José Salviano Filho, outro dono.

O modelo fotografado é um SE-G (depois Altis). O interior com madeira escura não agrada a todos. Em 2011, teve pequenas mudanças; em 2014, nova geração

Ao longo dos anos, o Corolla foi oferecido com motores 1.8 e 2.0. O câmbio automático tinha apenas quatro marchas, mas transmite uma condução suave (e livre de emoções). “Pesquisei muito antes de comprá-lo. A transmissão é o único ponto fraco”, conta Saul Schneider, de Dois Irmãos (RS). É a mesma opinião de Salviano, que diz que o carro “Poderia ter mais marchas”. Lembre-se que o trânsito pesado prejudica o lubrificante do câmbio. “Nesse caso, o ideal é fazer a troca a cada 40.000 km”, recomenda Mingau.

As suspensões macias do Corolla garantem o bem estar passageiros. “Nenhum conjunto aguenta a buraqueira do nosso asfalto, mas a do Corolla não tem grandes problemas, como bandeja ou amortecedores estourados”, explica Mingau.

Entre os entrevistados, elas são muitos elogiadas. “Além de muito confortável, o Corolla é muito estável nas curvas”, diz Saul. “É muito silencioso, além do seu nível de conforto ser excepcional”, finaliza Elias.

Os itens de acabamento também passam longe de dar dor de cabeça aos donos. De acordo com Mingau, os proprietários de Corolla podem ficar despreocupados em relação a rachaduras nos plásticos ou estofados esgarçados. “Ter um carro é diferente de manter. O Corolla consegue deixar os seus donos sempre super satisfeitos”, mesmo os descuidados, diz Mingau. “Se fosse trocar o carro, só pensaria em outro Corolla”, finaliza Salviano.

Pelo mesmo preço

Toyota Corolla SE-G
Preço básico  R$ 50.634

Motor: quatro cilindros em linha 1.8, 16V
Cilindrada: 1794 cm3
Combustível: flex
Potência: 132 cv (g) e 136 cv (e) a 6.000 rpm
Torque: 17,3 (g) e 17,5 kgfm a 4.200 (e)
Câmbio: automático, quatro marchas
Direção: elétrica
Suspensões: MacPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: disco ventilado (d) e sólido (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 4,540 m (c), 1,760 m(l), 1,480 m (a)
Entre-eixos: 2,600 m
Pneus: 205/55 R16 Porta-malas: 470 litros
Tanque: 60 litros
Peso: 1.230 kg 0-100 km/h: 11s8 (e)
Velocidade máxima: 186 km/h (e)
Consumo cidade: 10,5 km/h (g) e 7,1 km/l (e)
Consumo estrada: 13,3 km/l (g) e 9,1 km/l (e)
Emissão de CO2: 116 g/km com etanol = 0 g/km
Consumo nota: B
Nota do Inmetro: A Classificação na categoria: B (Grande)

Veja também

+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+ Tomografia revela que múmias egípcias não são humanas

+ Homem compra Lamborghini após fraude em auxílio emergencial

+ Restaurar um carro: quanto custa e quanto ele pode valorizar