Vai mudar, mas ainda vale a pena

FORD FOCUS GLX R$ 52.570

Com design europeu, nosso Focus, apesar de estar perto de uma renovação, ainda agrada ao seu público fiel. O carro apenas passou por pequena reestilização, em 2004. Tiraram os piscas do pára-choque e os incorporaram aos faróis. Já seu interior continua espaçoso, confortável, com bom acabamento e sem ruídos. Apesar destas virtudes, ele não faz o sucesso merecido. Em fevereiro, o representante da Ford na categoria de hatches médios fechou o mês com 682 unidades comercializadas, de acordo com os dados da Fenabrave, marca que lhe rendeu apenas a quinta posição em seu segmento.

Talvez esse tímido resultado, que já foi melhor, se deva ao fato de o Focus não passar um espírito muito jovial. Mas qualidades não lhe faltam. Boa acústica, respostas rápidas, motor econômico, notáveis dirigibilidade e estabilidade são algumas de suas maiores qualidades – que o tornam um bom carro para a família viajar. Porém, há algumas coisas que pesam contra ele, como, por exemplo, a aba inferior do pára-choque dianteiro, baixa demais. Quando encontra valetas e rampas mais inclinadas, costuma raspar no chão. Outro ponto negativo é o vidro traseiro inclinado demais, que deixa a visibilidade comprometida. Os seus concorrentes têm vidro traseiro reto, com um campo de visão mais amplo.

Acima, o painel de linhas ousadas, o botão no painel para abertura interna do porta-malas e as rodas de liga leve. Abaixo, as já cansadas linhas traseiras

A versão de entrada do Focus GL tem uma das melhores relações custo/ benefício da categoria. Já o modelo avaliado, GLX, com preço sugerido de R$ 52.570, faz surgirem dúvidas – uma vez que nesta mesma faixa de preço são encontradas outras opções interessantes, como o Peugeot 307, que tem uma bela lista de equipamentos de série, o Tiida, com motorização mais potente (e que só fica devendo a tecnologia bicombustível), e o Golf, que tem ótima revenda, mas possui um valor de seguro salgado – ainda mais quando utilizado por motoristas com idades entre 18 e 24 anos. Se você está pensando em adquirir um carro com conforto e estabilidade, e pode abrir mão de um design mais moderno (a nova geração dele chega em outubro), o Focus é uma boa opção.