Vale a pena?

LOGAN PRIVILÈGE1.6 8V R$ 39.790

Motor 8V

A Renault ampliou a gama de versões de seu sedã Logan. Agora, além do motor 1.0 16V e do 1.6 16V, o consumidor pode optar pela motorização 1.6 8V. Essa unidade já equipou o Clio anos atrás, mas agora recebeu o sistema flex com quatro injetores de gasolina na partida a frio, o que visa eliminar as possibilidades de falhas matinais. Para a transmissão, a marca optou por utilizar a mesma caixa adotada para o motor 1.0, mas com o escalonamento do 1.6 16V e com a quinta marcha alongada, para garantir melhor consumo.

Chamado de Hi-Torque, esse propulsor oferece 95 cv de potência e 14,1 kgfm de torque contra 110 cv e 15,5 kgfm do motor 1.6 16V, ambos com álcool. Mecanicamente, as mudanças param por aí. E, na prática, fazem desse novo Logan um modelo valente e econômico para rodar na cidade, só que mais insosso e barulhento à medida que o motorista aumenta a solicitação através do acelerador.

Em relação ao preço, o Logan 1.6 8V custa R$ 39.790, pouco menos que os R$ 40.990 cobrados pelo modelo 1.6 16V, ambos na versão Privilège, única disponível com a motorização mais forte e que inclui ar-condicionado, direção hidráulica e trio elétrico de série. A pergunta é: vale a pena abrir mão de um motor mais potente e moderno para economizar R$ 1.200? E a resposta é simples: não vale. Quem está comprando um sedã que acomoda tão bem cinco pessoas, que tem um porta-malas com 510 litros e ainda por cima escolhe a versão mais sofisticada de acabamento não está procurando apenas um transporte urbano. Esse cliente quer conforto, quer versatilidade, quer poder encher o carro de bagagens e descer a serra no fim de semana. Nesse tipo de compra, optar pelo motor 8V e perder 15 cv seria economizar palito em banquete.

Mais econômico e de manutenção mais barata, o propulsor 1.6 8V deve ser pensado como uma opção ao 1.0 e não ao 1.6 16V. Assim como os motores 1.4 de Fiat e GM são opções aos populares dessas marcas. Essa é sua função na linha Renault. Por isso, ao contrário do 1.6 16V, esse novo Logan oferece outras versões de acabamento, que podem ter preços bem mais atraentes. A de entrada, 1.6 8V Authentique, por exemplo, sai por R$ 31.840 e é uma excelente alternativa para quem estava pensando em comprar um Logan 1.0 16V Expression (versão intermediária), que custa R$ 29.990. Quer outro exemplo? Se você quiser um carro com ar e direção, por exemplo, e optar pelo Logan 1.0, desembolsará, no mínimo, R$ 35.390. Se optar pelo Logan Expression 1.6 8V, fará um cheque de apenas R$ 2.400 mais alto, mas terá um carro bastante superior. Vale o sacrifício.

Ou seja, em linhas gerais, a regra na compra do Logan é a seguinte: se quiser um carro barato e pelado, opte pelo 1.0 16V Authentique. Se a idéia for incluir alguns equipamentos como ar e direção, não deixe de pensar nesse 1.6 8V, nas configurações Authentique ou Expression. Agora, se sua intenção é adquirir um carro completinho, a melhor escolha recai mesmo sobre o 1.6 16V Privilège!