Veja 5 carros usados e seminovos recordistas de economia por cerca de R$ 40 mil

Busca um carro barato e que ao mesmo tempo ajude a diminuir o susto no posto? Então confira a lista a seguir

0
4585
Renault Kwid Zen
Renault Kwid Zen

Seja para trabalhar ou para baixar a conta (e o susto) no ponto a cada abastecimento. Se você está em busca de um carro usado ou seminovo barato, mas que ao mesmo tempo esteja entre os automóveis mais econômicos já oferecidos no mercado brasileiro, vale a pena conferir a lista a seguir.

+ Veja 5 dicas de uso do manual do Ford Del Rey que ainda servem nos carros atuais
+ Veja 5 carros econômicos usados por cerca de R$ 20 mil
+ Confira 5 carros de 7 lugares completos por até R$ 40 mil
+ Veja 5 carros usados completos por até R$ 45 mil


Com base nos dados de consumo do PBE Veicular, do Inmetro, e na tabela de Preço de Revendedor da KBB Brasil, fizemos uma seleção de carros até R$ 40 mil que vão agradar na hora de abastecer. Confira.

Renault Kwid

Se a sua meta é a economia a qualquer custo, você não vai encontrar um carro mais econômico no mercado brasileiro (tirando os elétricos e híbridos) do que o Renault Kwid. Equipado com um motor 1.0 de três cilindros e até 70 cv, o subcompacto obtêm médias de 15,6 km/l (estrada) e 14,9 km/l (cidade) quando abastecido com gasolina, com um consumo energético de 1,39 MJ/Km.

Por R$ 38.918 é possível levar um exemplar do ano/modelo 2020 na versão Zen, que fica um degrau acima da Life e já traz itens como direção com assistência elétrica, rádio, vidros elétricos dianteiros e ar-condicionado.

Fiat Mobi

Na mesma toada subcompacta do Kwid, o Fiat Mobi é outra opção de condução para quem não faz tanta questão de espaço, mas quer economizar na hora de abastecer. Esta equipado com o motor 1.0 GSE de três cilindros e até 77 cv (superior ao antigo Fire, mas deixou de ser oferecido no Mobi 0 km), que permite obter médias de consumo de 16,4 km/l (estrada) e 13,8 km/l (cidade) quando abastecido com gasolina, com um consumo energético de 1,43 MJ/Km.

Por R$ 38.050, a versão Drive no ano/modelo 2018 trazia de série ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos e travas elétricas e direção com assistência elétrica.

Peugeot 208 1.2

Para quem busca uma opção de hatch um pouco mais premium, uma opção é o antigo Peugeot 208 que era feito na fábrica brasileira de Porto Real (RJ). Usando o motor 1.2 Puretech de três cilindros e até 90 cv, tem médias de consumo com gasolina de 15,5 km/l (estrada) e 13,9 km/l (cidade). O consumo energético é de 1,46 MJ/Km.

Com R$ 39.883, o interessado leva para casa um exemplar da versão de entrada Active 2017, que trazia calotas plásticas no lugar das rodas de liga leve, mas com uma lista honesta de equipamentos com ar-condicionado, direção com assistência elétrica, vidros dianteiros elétricos, Isofix e cintos de três pontos para todos os ocupantes.

Ford Ka 1.0

O Ford Ka pode até ter saído de linha de maneira atribulada. Mas isso não apaga qualidades como o bom comportamento dinâmico e o motor 1.0 de três cilindros, que com 85 cv era o mais potente entre os “carros mil” feitos no Brasil. Esse propulsor permite que o hatch compacto atinja médias de até 15,6 km/l (estrada) e 13,5 km/l (cidade), com consumo energético de 1,49 km/l.

Por R$ 40.638 o comprador leva um exemplar da versão de entrada S 2018, que trazia ar-condicionado, travas e vidros elétricos (na dianteira) e direção com assistência elétrica.

Volkswagen Voyage 1.0

O Volkswagen Voyage usa desde a linha 2017 o mesmo motor 1.0 da família EA211 hoje usado também no Gol e Polo e, até recentemente, também no Up MPI. O propulsor desenvolve até 82 cv e permite ao sedã compacto atingir médias de consumo de 15,6 km/l (estrada) e 13,4 km/l (cidade), com consumo energético de 1,52 MJ/Km.

Por R$ 37.959, é possível comprar um exemplar da versão de entrada Trendline. Versão mais espartana da linha, deixava de fora o ar-condicionado e o sistema de som, embora pudesse receber esses itens como opcional.

Mais na Motor Show

+ Confira as dicas do manual do Honda Civic para reduzir o cansaço ao volante
+ Avaliação: Chevrolet Tracker Premier 1.0 turbo 2022 combina consumo contido e bom desempenho
+ Bugatti lança linha de smartwatches com preços “populares”
+ Kia divulga primeiras imagens do novo Sportage
+ Hyundai movido a cocô é mostrado na Austrália; saiba mais
+ Volvo abre e-commerce no Brasil com descontos para donos de carros híbridos