Veja 5 opções de sedãs médios usados pelo preço de um Fiat Grand Siena 0km

Com preço de tabela de R$ 60.990, o compacto da Fiat é atualmente o sedã 0km mais barato do mercado brasileiro

0
531
Grand Siena Attractive 1.0 que passará por recall para troca dos airbags
Fiat Grand Siena Attractive 1.0

Com preço de tabela de R$ 60.990, o Fiat Grand Siena 1.0 é atualmente o sedã 0km mais barato do mercado brasileiro. Nesta configuração, o modelo compacto traz um motor 1.0 de quatro cilindros e 75 cv e traz em sua lista de equipamentos itens como ar-condicionado, direção hidráulica e vidros dianteiros elétricos.

+ Veja 5 carros usados e seminovos recordistas de economia por cerca de R$ 40 mil
+ Carro Usado: Honda HR-V é um SUV para não esquentar a cabeça
+ Veja 5 carros usados completos por até R$ 45 mil
+ Confira 5 opções de SUVs usados “raiz” por até R$ 80 mil


Mas quem busca mais conforto ou potência do que no modelo da Fiat tem algumas opções interessantes de sedãs usados nesta mesma faixa de preços. Confira algumas delas a seguir. Os valores foram coletados na tabela Preço KBB de Revendedor.

Toyota Corolla XEi 2013

Com preço por volta de R$ 60.230 na tabela da KBB Brasil, o Toyota Corolla é uma daquelas escolhas sem erro para quem procura um sedã confortável.

Nesta configuração XEi, o comprador leva um motor 2.0 flex de 153 cv combinado a um câmbio automático de quatro marchas e uma lista de equipamentos que inclui rodas de liga leve, central multimídia e ar-condicionado com controle automático de temperatura.

Honda Civic LXS MT 2015

Se a ideia é comprar um sedã médio um pouco mais novo e o câmbio automático não te faz falta, uma opção é o raro Honda Civic LXS manual, que sai por R$ 60.346.

Nesta configuração, o sedã traz um câmbio de seis marchas combinado ao motor 1.8 de 139 cv. Apesar de ser a configuração mais barata da linha na época, trazia rodas de liga leve de 16″, o famoso painel em dois níveis com o velocímetro digital, sistema de som e ar-condicionado.

Chevrolet Cruze LT AT 2015

O Chevrolet Cruze LT era a versão de entrada do sedã médio. Mas tinha os seus méritos, como a suspensão com ajuste voltado ao conforto, o bom acabamento interno, e o câmbio automático de seis marchas, o único disponível na época em seu segmento.

O motor 1.8 de 144 cv é adequado para a proposta e vinha combinado a uma lista de equipamentos que trazia airbags laterais, sistema de som e controles eletrônicos de tração e estabilidade.

Ford Focus Fastback Titanium Plus 2016

Um item tecnológico que ainda é pouco visto nos carros vendidos no Brasil é o sistema de estacionamento automático. Mas a tecnologia já estava disponível no Ford Focus Fastback 2016, em sua versão de topo Titanium Plus, cotada hoje a R$ 60.928.

Elogiado pelo seu comportamento dinâmico na época, o modelo vindo da Argentina trazia um motor 2.0 com injeção direta e 178 cv e uma ótima lista de equipamentos faróis com banco do motorista com ajustes elétricos, faróis de xenônio e ar-condicionado automático digital de duas zonas. O único “problema” é a presença do câmbio automatizado Powershift. Vai encarar?

Volkswagen Jetta Highline 2013

Se o objetivo é potência, uma opção para quem está com o orçamento um pouco mais folgado é apostar em um Volkswagen Jetta Highline, que sai por R$ 62.084 na tabela KBB.

Com um acerto mais esportivo do que o da geração atual, o “velho” Highline trazia o motor 2.0 TSI de 200 cv combinado ao câmbio automatizado DSG de seis marchas. Com este conjunto, o sedã médio acelera de 0-100 km/h em 7,3 segundos e atinge 238 km/h de velocidade máxima.

Mais na Motor Show

+ Kim Kardashian transforma Lamborghini Urus em carro de pelúcia
+ IPVA de carros elétricos e híbridos em SP pode virar crédito no IPTU; saiba mais
+ Toyota Corolla Cross fecha 1ª quinzena de junho no top 10; veja a lista dos mais vendidos
+ Avaliação: Nissan Versa Sense manual acerta na dirigibilidade
+ Marca espanhola vai vender 12 carros que só existem no computador; saiba mais
+ Mitsubishi Outlander e Outlander Sport ganham série especial Black Edition