Veja 5 respostas para grandes dúvidas dos motociclistas

A Harley-Davidson separou respostas para algumas das dúvidas consideradas mais comuns pelo fabricante norte-americano


H-D
Harley-Davidson Electra Glide Revival inaugura linha Icons Collection

Todos nós temos aquelas dúvidas sobre alguns temas que podem parecer ridículas para nós (e geralmente só compartilhamos com o Google).

+ Pandemia fez crescer em 35% a intenção de compra de motos
+ Harley-Davidson cria marca LiveWire para produzir motos elétricas urbanas
+ BMW Motorrad oferece condições especiais para os modelos G 310 R e F 850 GS
+ Nova Honda Africa Twin estreia no Brasil a partir de R$ 70.490

Mas toda pergunta tem a sua importância. Principalmente quando o assunto é pilotar uma moto de maneira mais eficiente ou mais confortável.

Com esse objetivo em mente, a Harley-Davidson separou cinco respostas para algumas das dúvidas consideradas mais comuns pelo fabricante norte-americano de motocicletas. Confira as questões e as respostas a seguir.

Devo parar a moto em ponto morto ou engrenada?

Ambos os métodos têm seu mérito. Se reduzir a marcha e continuar engrenado mesmo em baixa velocidade, você conseguirá diminuir seu tempo de reação e começar a agir mais rapidamente em caso de emergência. A desvantagem é a diferença entre a segunda e a primeira, que é o maior “passo” na maioria das caixas de marchas. Sem uma correspondência cuidadosa com a rotação do motor e atenção à velocidade, a redução da segunda para a primeira marcha oferece a maior oportunidade de erro.

Por outro lado, o efeito giroscópico das rodas decresce em baixa velocidade, desestabilizando a motocicleta. Ao parar em ponto morto, você pode esquecer a questão da embreagem e concentrar-se em manter a máquina na vertical. Você estará trocando a capacidade de voltar a acelerar rapidamente por uma transição mais fácil até parar.

Qual é a melhor maneira de amaciar a minha moto?

Existem muitas opiniões diferentes e apaixonadas sobre esse tema, que vão desde “Trate-a como um bebê!” até “Trate-a como se fosse uma moto alugada: não dê moleza!”. As peças de uma motocicleta nova precisam de um pouco de tempo para se “acostumarem umas às outras” no sentido mecânico. Da mesma forma, temos um motociclista e uma motocicleta que nunca se encontraram antes.

Acostumar-se com o equilíbrio, a dirigibilidade, a aceleração e a frenagem da sua nova motocicleta é importante. E não devemos esquecer que, assim como os fatores internos da linha de direção, os pneus também são novos. O período de amaciamento é uma oportunidade para todos esses participantes serem entendidos. Seguir as orientações do manual do proprietário durante o período inicial após a compra da sua motocicleta é a forma mais segura de agir.

Tenho um amigo (ou amiga) com mãos pequenas e que sofre para acionar o freio ou a embreagem. O que é possível fazer?

Existem diversos fabricantes que oferecem alavancas ajustáveis. Elas se adaptam aos controles padrão, então é uma solução bastante simples que deve fazer uma diferença considerável para o conforto.

Verifique na sua concessionária local, que poderá dar informações sobre os fornecedores e oferecer opções.

Mapa impresso ou eletrônico O que é melhor?

Os métodos eletrônicos de traçar uma rota oferecem conveniência, atualizações frequentes e instruções precisas (na maioria das vezes). A maioria dos dispositivos também oferece algum nível de informação sobre comodidades importantes ao longo do caminho e permite que você priorize variáveis como a rota mais rápida ou mais curta.

As instruções de navegação por voz incorporadas ao capacete ou sistema de som também são uma benção para muitos motociclistas. Os mapas impressos, por outro lado, nunca perdem o sinal nem ficam sem bateria.

Devo escolher roupas de couro ou de tecido?

No fim das contas, para a maioria dos motociclistas a proteção é a característica mais importante das roupas para pilotar uma motocicleta. O couro oferece o melhor em termos de proteção contra o vento e a abrasão. Os tecidos com certeza protegem, contudo na maioria das organizações de corrida as roupas protetoras de couro são obrigatórias.

É preferível utilizar tecido nos meses de calor, especialmente quando a probabilidade de chuva é alta. Nos dias secos e frios, a escolha mais sensata é o couro devido à sua consistente proteção contra o vento. As roupas de proteção de alta qualidade são caras, independentemente do seu material, mas de modo geral as roupas de tecido costumam ser mais baratas. O couro barato não passa disso: é barato, quer dizer, de má qualidade.

Mais na Motor Show

+ Saiba como tirar o recall do documento do veículo
+ Volvo não terá mais carros a combustão no Brasil
+ Avaliação: SUV elétrico, Ford Mustang Mach-E é evolução difícil de digerir
+ Veja 5 carros usados completos por até R$ 45 mil
+ Bateria descarregada: saiba o que fazer para sair do sufoco
+ Fiat oferece Argo 0 km com pronta entrega e desconto de até R$ 5 mil

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel