Veja 5 situações em que os airbags frontais não vão abrir

Independente da gravidade do acidente, não são em todos os tipos de impactos que as bolsas infláveis serão acionadas

0
740
Veja 5 situações em que os airbags frontais podem não abrir
Airbags frontais em um Mercedes-Benz Classe S dos anos 2000

Antes um equipamento exclusivo dos carros mais caros, os airbags dianteiros são itens obrigatórios em todos os carros nacionais e importados comercializados no mercado brasileiro desde 2014.

+ Honda cria novo modelo de airbag frontal
+ ZF cria airbag externo para colisões laterais
+ Hyundai revela 1º airbag multicolisão do mundo
+ Cinco curiosidades sobre o Fiat Palio


Parte fundamental do pacote de segurança dos veículos atuais, o seu acionamento é comandado por sensores, que além do impacto frontal detectam também a desaceleração súbita do automóvel, emitindo um sinal para a detonação das cargas responsáveis por inflar as bolsas de ar.

Mas independente da gravidade do acidente, não são em todos os tipos de impactos que as bolsas infláveis serão acionadas. Confira a seguir algumas situações em que os airbags dianteiros provavelmente não vão funcionar.

Batidas em baixa velocidade

A colisão pode até ser frontal. Mas se não houver desaceleração suficiente ou não forem atingidos os sensores de impacto, os sistemas eletrônicos do veículo vão entender que não há a necessidade de abertura dos airbags.

Impactos laterais

Os airbags dianteiros foram projetados para proteger os ocupantes em colisões frontais. Por isso mesmo, caso você se envolva em um impacto lateral, só haverá acionamento dos airbags se o seu veículo for equipado com bolsas infláveis laterais e/ou de cortina.

Impacto traseiro

Pelo mesmo motivo citado acima, uma colisão traseira não irá provocar sozinha o acionamento dos airbags frontais. Neste caso, além do uso do cinto de segurança, a melhor forma de proteger a integridade física dos ocupantes e rodar com o banco em uma posição correta, com o apoio de cabeça bem ajustado

Capotamento

Os airbags laterais e de cortina oferecem melhor proteção aos ocupantes nesta situação. Por esse motivo, os airbags frontais não foram projetados para abrir em um capotamento.

Airbag desligado

Outra situação que pode impedir o acionamento do airbag frontal, no caso o do passageiro, é o fato do equipamento estar desativado. Em alguns veículos, isso pode ser feito acessando as configurações do veículo ou usando a chave do automóvel. Nesses casos, uma luz de alerta informa sobre a desativação do sistema de segurança.

Mais na Motor Show

+ Chevrolet Bolt EV e Bolt EUV ganham preparação de carro de polícia nos EUA
+ Veja quanto custa manter um Honda City até os 80.000 km
+ Picape do Bronco Sport, Ford Maverick será revelada no dia 8 de junho
+ Avaliação: Com motor 1.3 turbo, Jeep Compass 2022 surpreende ao volante
+ Em um ano, preço da gasolina subiu 43,06% no Brasil
+ Estratégia de guerra: Ford deveria abandonar Territory e trazer Bronco Sport 1.5