Veja como “zerar” a sua CNH sem precisar pagar por isso

A suspensão da CNH varia com base no tipo e na gravidade das infrações, além do próprio histórico do condutor

0
414
Carteira Nacional de Habilitação
CNH (Carteira nacional de Habilitação)

“Está com a CNH suspensa? Nós podemos te ajudar!” É bem provável que você já tenha visto alguma propaganda com este teor nos meios de comunicação ou até nas ruas. Mas você sabia que é possível iniciar o processo de cumprimento da suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) sem custo algum e voltar a ter o direito de dirigir dentro do mesmo prazo que muitas vezes é oferecido como “menor” ou “mais rápido” por empresas que prometem solucionar o problema?

+ Veja 5 infrações de trânsito que não geram pontos na CNH
+ Dez multas que fazem você perder a CNH
+ Novo Código de Trânsito muda regra sobre CNH suspensa
+ Detran abre processo para distribuir CNH gratuita

Conforme orienta o Detran-SP, esse serviço pode ser feito pela internet, por meio dos canais digitais do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo. Além disso, a economia no bolso pode variar entre R$ 1 mil e R$ 1,3 mil, valores médios cobrados por estabelecimentos que prestam serviços de assessoria para os condutores.

A suspensão da CNH varia com base no tipo e na gravidade das infrações, além do próprio histórico do condutor. Vale lembrar ainda que o cidadão não tem mais a necessidade de entregar fisicamente a sua habilitação para iniciar o processo de cumprimentos da suspensão. Confira no tutorial abaixo.

Defesa da suspensão

Ao ser notificado do processo de suspensão da CNH, o motorista pode se defender contra a aplicação da penalidade e apresentar sua defesa ao Detran-SP por escrito, também de forma online, até a data-limite que consta na carta enviada pelo órgão.

A data-limite sempre dá um prazo de pelo menos 30 dias a partir da entrega da correspondência para o condutor apresentar a defesa. Caso não concorde com o resultado ou não tenha apresentado defesa, o motorista pode recorrer em 1ª instância à Jari (Junta Administrativa de Recursos de Infrações) do Detran-SP.

Caso o recurso à Jari também for indeferido, o condutor poderá recorrer em 2ª instância ao Cetran-SP (Conselho Estadual de Trânsito) – ambos devem ser feitos por escrito e protocolados de maneira online em até 30 dias a partir do resultado da Jari. Se ao final todos os recursos forem indeferidos, a penalidade de suspensão do direito de dirigir será aplicada.

Mais na Motor Show

+ Honda CG 160 2022 estreia com novidades em todas as versões
+ Avaliação: seria o melhor BMW M3 de todos os tempos?
+ Volkswagen inicia produção do caminhão elétrico e-Delivery no Brasil
+ Porsche 911 GT3 Touring é o GT3 em traje de gala
+ Jeep oferece para-brisa com vidro de iPhone para Wrangler e Gladiator
+ Veja 5 opções de sedãs médios usados pelo preço de um Fiat Grand Siena 0km

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel