Venda de veículos eletrificados dobra no 1º trimestre de 2022

Março foi o terceiro melhor mês da série histórica

0
4
Foto: Divulgação

As vendas de veículos eletrificados leves no Brasil registraram o melhor mês de março da história. Ao todo, foram 3.851 emplacamentos, que representam aumento de 106% sobre março do ano anterior (1.872) e de 12% sobre fevereiro de 2022 (3.435).

Março foi também o terceiro melhor mês da série histórica, apenas superado por dezembro e agosto de 2021, (respectivamente, 4.545 e 3.873 emplacamentos).

No primeiro trimestre de 2022, o crescimento chega a 115%, com 9.844 unidades vendidas, contra 4.582 no mesmo período de 2021.


As informações foram divulgadas pela Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), nesta quarta-feira (6).

A frota total de eletrificados leves no Brasil chegou a 86.986 veículos (janeiro de 2012 a março de 2022). Caso mantenha a tendência atual, a frota chegará a 100 mil veículos já no final deste semestre.

Vale destacar que os números referem-se à soma das vendas de automóveis, utilitários, SUVs e comerciais leves eletrificados, incluindo elétricos híbridos (HEV), híbridos plug-in (PHEV) e totalmente elétricos (BEV).

+ GM e Honda fazem parceria para produzir carros elétricos
+ DeLorean volta para o futuro de forma elétrica; veja o detalhe revelado
+ Toyota chega a marca de 20 milhões veículos eletrificados no mundo
+ Lev vai lançar bike elétrica em parceria com o canal Off
+ Great Wall confirma lançamento do SUV híbrido Haval H6 no Brasil
+ Confirmado: após Jeep Compass, Grand Cherokee híbrido vem ao Brasil

Destaques

Os híbridos flex a etanol (HEV) fabricados no Brasil pela Toyota (Corolla e Corolla Cross) ampliaram a liderança do mercado brasileiro de eletrificados. Eles responderam por 65% das vendas do segmento em março (2.504 unidades, de um total de 3.851).

Somados, os HEV a etanol, gasolina e diesel chegaram a 73% das vendas de eletrificados em março (2.825, de 3.851) e a 68% no primeiro trimestre (6.711, de 9.844).

Outro destaque foi o aumento relativo dos veículos elétricos 100% a bateria (BEV), que, pela primeira vez, superaram os elétricos híbridos plug-in (PHEV).

Foram 519 BEVs emplacados no mês passado (13,5% do total de eletrificados), contra 507 PHEVs (13%).

Pela primeira vez também houve queda do total de PHEVs em relação ao mês anterior (507 em março, 689 em fevereiro). Os BEVs, por sua vez, seguem num crescimento lento e contínuo.

MAIS NA MOTOR SHOW:

+ Preços da gasolina e etanol sobem; veja qual é o mais vantajoso
+ Jeep lança programa de benefícios no Brasil; veja como funciona
+ Diesel fica 12% mais caro; todas as regiões brasileiras registraram alta
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Fiat Strada segue na liderança em março; Mobi também é destaque
+ Carro por assinatura vale a pena? Confira um guia completo com preços, vantagens e desvantagens
+ Redução de IPI deixa o SUV BYD Tan EV R$ 14 mil mais barato
+ Nissan lança Frontier 2023 atualizada e com novas versões; veja o preço
+ Fiscais flagram motorista de Fiat Weekend transportando 3 bezerros
+ GM e Honda fazem parceria para produzir carros elétricos